Publicado em 26/07/2012 as 12:00am

Juvenal volta a ser alvo de torcedores em pichação

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, voltou a ser criticado pelos torcedores são-paulinos na noite desta quarta-feira. Após o time perder a quinta partida no Campeonato Brasileiro, desta vez para o lanterna Atlético-GO por 4 a 3, um dos muros da f

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, voltou a ser criticado pelos torcedores são-paulinos na noite desta quarta-feira. Após o time perder a quinta partida no Campeonato Brasileiro, desta vez para o lanterna Atlético-GO por 4 a 3, um dos muros da fachada do CCT da Barra Funda foi pichado. A reclamação pedia a saída do mandatário do comando do clube. "Seu ciclo acabou", escreveram os vândalos. Antes do sol raiar, a mensagem foi apagada por um funcionário.

Essa é a segunda vez que os torcedores pedem a saída de Juvenal. A primeira aconteceu após a derrota para o Vasco no último dia 18. "Juvenal cachaceiro" foi uma das pichações flagradas pela reportagem do UOL Esporte. O ato de vandalismo ocorreu na madrugada de quarta para quinta, e os funcionários do CT da Barra Funda pintaram rapidamente o muro para tentar omitir o fato.

Contra o clube carioca, o presidente ainda ouviu a revolta dos torcedores presentes no Morumbi. Além do presidente, os atletas também foram criticados e só o goleiro Denis foi poupado das vaias.

"Não é mole não, eu tô cansado de time amarelão", "ô ô ô, queremos jogador", "Eiro eiro eiro, time de pipoqueiro", foram alguns dos cantos dos torcedores no Morumbi.

Depois do revés contra o Vasco, o time conseguiu um boa vitória contra o Figueirense fora de casa e deu indícios de que poderiam melhorar. Mas a nova derrota para o lanterna deixa o São Paulo longe dos líderes. O Tricolor é apenas o 7º colocado com 19 pontos, 10 a menos que o líder Vasco. O time volta a campo no domingo contra o Flamengo, no Morumbi.

Fonte: uol.com.br