Publicado em 11/09/2012 as 12:00am

Seleção goleia China por 8 a 0 em PE

A seleção brasileira fechou a rodada dupla de amistosos no país com vitória sobre a China por 8 a 0 nesta segunda-feira em Recife. Diante do adversário de pior patamar no ranking da Fifa nos dois anos da era Mano Menezes, a equipe encontrou dificuldades p

A seleção brasileira fechou a rodada dupla de amistosos no país com vitória sobre a China por 8 a 0 nesta segunda-feira em Recife. Diante do adversário de pior patamar no ranking da Fifa nos dois anos da era Mano Menezes, a equipe encontrou dificuldades para fazer o jogo fluir no primeiro tempo, mas depois viu os primeiros sinais de entendimento de seu quarteto de frente e chegou ao triunfo com bom futebol de Lucas, Neymar e Hulk. Destaque para Oscar, que marcou um de pênalti, participou da maioria das jogadas e brilhou na coordenação do ataque.

Número 79 na última relação internacional de seleções divulgada pela Fifa [o Gabão era nº 77 na época do amistoso do ano passado com o Brasil], a China teve seu sistema defensivo exaltado pelos brasileiros nas vésperas do amistoso no Arruda. No entanto, o técnico José Antonio Camacho perdeu vários tiulares para a partida e não conseguiu reeditar a formação que tomou apenas um gol em recentes compromissos contra favoritas europeias como Espanha e Suécia.

Na goleada, a seleção de Mano Menezes contou desde início com a boa vontade dos torcedores pernambucanos, apenas três dias depois das severas críticas ouvidas no Morumbi, durante a vitória apertada sobre a África do Sul. Mais celebrado pelas arquibancadas do Arruda, Hulk ganhou a posição de Leandro Damião no ataque e participou de lances pela direita. Lucas e Neymar tiveram boas atuações, mas foi Oscar quem "pensou" as melhores jogadas e fez a bola percorrer os dois lados do sistema ofensivo.

No primeiro tempo, depois de alguns instantes sem ingressar na área chinesa, Lucas fez o goleiro rival trabalhar em um belo disparo de direita de fora da área aos 20min. Logo depois o Brasil abriu o placar com Ramires. O meia do Chelsea avançou em velocidade pela esquerda, tabelou com Oscar e tocou por cima na saída de Cheng Zeng.

O segundo gol veio aos 25min, novamente pela lateral, só que desta vez pela direita. Hulk acionou Oscar na área em um contra-ataque, e o meia levantou a cabeça para centrar rasteiro para Neymar. Sem goleiro, o atacante do Santos só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Antes do intervalo, Oscar ainda acertou o travessão em chute de dentro da área, após boa jogada de Neymar na linha de fundo.

Lucas começou a definir o status de goleada da vitória logo aos 3min do segundo tempo. Em jogada de contra-ataque, Oscar serviu Hulk, que fez a bola chegar até o são-paulino. O autor do gol bateu colocado na saída de Zeng.

Apenas três minutos depois foi a vez de Hulk balançar as redes. Neymar acertou o travessão em arremate de longa distância, e a bola sobrou para o atacante do Zenit, que concluiu com um chute rasteiro colocado.

O placar chegou a 5 a 0 novamente com Neymar, quando o santista desviou para o gol um cruzamento de Marcelo. O atacante marcou o seu terceiro pouco depois, após assistência na medida de Oscar dentro da área.

Os brasileiros chegaram ao sétimo gol através de um gol contra. Depois de uma tabela entre Hulk e Lucas, Liu Jianye mandou para a própria meta ao desviar de carrinho. O meia do Chelsea enfim teve a atuação coroada ao marcar de pênalti minutos depois.

Após a goleada em Recife, a equipe de Mano Menezes volta a campo já na próxima semana, no dia 19, para enfrentar a Argentina em Goiânia, no jogo de ida do Superclássico das Américas [a volta acontece em 3 de outubro na casa dos adversários].

Fonte: uol.com.br

Top News