Publicado em 1/11/2012 as 12:00am

Pedido da Fifa faz Brasil ameaçar deixar Mundial

O Brasil tem estreia marcada no Mundial de futsal para esta quinta-feira, às 12h, contra o Japão, mas um problema da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) com a Fifa pode fazer com que os brasileiros não entrem em quadra. De acordo com reportagem do Sp

O Brasil tem estreia marcada no Mundial de futsal para esta quinta-feira, às 12h, contra o Japão, mas um problema da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) com a Fifa pode fazer com que os brasileiros não entrem em quadra. De acordo com reportagem do SporTV, a Fifa exigiu a retirada de duas das seis estrelas presentes acima do escudo oficial da CBFS - as estrelas representam os títulos mundiais do Brasil, mas apenas quatro são reconhecidos pela Fifa.

A manda-chuva do futebol mundial comanda o futsal desde 1989, quando organizou a primeira Copa do Mundo com sua chancela. Porém, em 1982, 1985 e 1988, a antiga Federação Internacional de Futebol de Salão (Fifusa) realizou três torneios, e o Brasil foi campeão nos dois primeiros (em 1988, perdeu a final para o Paraguai).

Como a CBFS reconhece os seis títulos, o presidente da federação, Aécio de Borba Vasconcelos, afirmou que recusa-se a retirar as estrelas do símbolo e que o Brasil, caso a Fifa não aceite a situação, pode deixar o Mundial antes mesmo da estreia. "O presidente não aceita isso de maneira nenhuma", disse Reinaldo Simões, supervisor da seleção, ao SporTV. "Hoje, a posição é de que a gente vai embora", declarou.

A CBFS e a Fifa fazem reuniões diariamente para resolver o assunto, mas até a manhã desta quinta-feira, horas antes da partida, nenhuma solução foi anunciada. O site da CBFS anuncia a partida normalmente.

Nos mundiais anteriores, o Brasil utilizou as seis estrelas na camisa - é a primeira vez que há a polêmica. "Não podemos apagar nossa história", completou Simões.

Fonte: uol.com.br