Publicado em 2/12/2012 as 12:00am

Gafes indicam 'falha humana' como ameaça à Copa

Já célebre, a pisada de bola do chef Alex Atala ao pegar bolinha errada no sorteio da Copa das Confederações foi só a cereja no bolo. A semana foi recheada por gafes relacionadas a eventos da Fifa.

Já célebre, a pisada de bola do chef Alex Atala ao pegar bolinha errada no sorteio da Copa das Confederações foi só a cereja no bolo. A semana foi recheada por gafes relacionadas a eventos da Fifa.

Sinal de que falhas humanas ameaçam mais a Copa de 2014 do que problemas de infraestrutura. Nos últimos dias, por exemplo, não se ouviu queixas da Fifa sobre o trânsito de São Paulo. Compreensível, pois a cúpula da entidade andou quase sempre com batedores abrindo o caminho. Os elogios ao ritmo das obras dos estádios foram rasgados.

Por outro lado, as dores de cabeça provocadas por mancadas não terminou com o episódio envolvendo Atala. A celebridade, aliás, nega ter errado. Diz ter feito o que foi orientado a fazer.

Um dos problemas envolveu a Presidência da República.

Pouco depois do sorteio, o Blog do Planalto postou o discurso da presidenta Dilma Rousseff na íntegra. A imagem foi liberada pela Fifa, apesar de a Globo ter exclusividade. Mas quem clicava no link lia mensagem avisando que o vídeo fora bloqueado por se tratar de conteúdo exclusivo da Fifa.

A direção de comunicação do COL e a equipe do Blog do Planalto afirmam que alguém, não se sabe exatamente quem, esqueceu de desativar um sistema automático do Youtube. Ele bloqueia vídeos de eventos ligados à Fifa. A liberação foi feita por volta das 20 horas.

O sorteio também foi envolvido por falhas menores do que as de Atala, como um segurança que tentou barrar a entrada de um dos chefes de operação e a facilidade com que manifestantes entraram em área reservada sem credencial.

Fifa e COL também passaram o constrangimento de convidar a imprensa para um torneio de futebol que começaria à tarde e terminaria à noite num estádio sem iluminação artificial. "… acontecerá no histórico estádio em que Pelé marcou o mais belo gol de sua carreira, o estádio do Clube Atlético Juventus, na Rua Javarí", diz o e-mail enviado à imprensa. O evento acabou sendo no clube social do Juventus.

Quem confiou nas dicas de alimentação dadas pelo COL no centro de imprensa do sorteio se estrepou. Informativo oficial indicava uma churrascaria vizinha ao Anhembi por menos de R$ 40. Ao chegar lá, no entanto, a casa avisava que o preço correto do rodízio é de R$ 70.

Gente que não estava envolvida diretamente com o evento, como ministro Aldo Rebelo, também deu suas mancadas. Na terça, ele disse esperar que Corinthians e Palmeiras se enfrentem em 2013 pela Libertadores no estádio de Itaquera, que ainda não estará pronto.

Menos mal do que o presidente da CBF errar o nome do novo coordenador técnico. Carlos Alberto Parreira, que virou Antonio Carlos Parreira e Parreiras na boca de José Maria Marin.

O cartola, aliás, foi o autor da trapalhada que mais incomodou a Fifa. Demitiu Mano Menezes e ignorou que a seleção brasileira precisaria de um treinador no workshop de técnicos da Copa das Confederações. Após bronca de Joseph Blatter, antecipou a apresentação de Felipão, mas não conseguiu fazer com que ele chegasse a tempo ao evento.

Pelo conjunto da obra, sobram motivos para acreditarmos num festival de lambanças durante a Copa das Confederações e o Mundial. Mais do que nunca, ganha força o slogan: "Imagina na Copa".

Fonte: uol.com.br