Publicado em 8/04/2013 as 12:00am

Problema muscular faz fantasma das lesões assombrar Carlos Eduardo

Meia-atacante, que ficou quase dois anos sem jogar por problemas físicos, atuou só por dez minutos no último sábado e será reavaliado nesta segunda

O rosto coberto pela camisa ainda limpa e a expressão frustrada na volta ao banco de reservas marcaram a curta participação de Carlos Eduardo no jogo do Flamengo contra o Duque de Caxias, sábado passado, em Moça Bonita. Chamado pelo técnico Jorginho, o meia-atacante substituiu Rodolfo no intervalo, mas ficou apenas dez minutos em campo e nada fez no empate por 1 a 1. Uma fisgada na coxa esquerda tirou o jogador da partida e trouxe à tona um fantasma que o assombra nos dois últimos anos: as lesões. Na tarde desta segunda-feira, ele se reapresenta com os companheiros e será reavaliado pelos médicos para saber a gravidade do problema. Carlos Eduardo se apresentou ao Flamengo em 25 de janeiro e assinou contrato de empréstimo de um ano e meio. Na Gávea, recebeu a camisa 10 e a missão de ser o condutor do time. Pouco mais de dois meses depois, o jogador disputou sete partidas, ainda não fez um gol sequer e não é titular. Tenta conquistar a confiança da torcida e justificar toda a expectativa que sua contratação gerou nos rubro-negros.

Fonte: www.globo.com