Publicado em 24/04/2013 as 12:00am

Diálogo entre Pelaipe e Jorginho é destaque em dia de trabalho físico

Dirigente avisa, via assessoria, que não há definições sobre futuro do time. Em campo, comissão técnica comanda circuito com atividades técnicas

Treinamento com cara de pré-temporada no Ninho do Urubu nesta quarta-feira. Enquanto aguarda a definição da CBF sobre a data do confronto com o Campinense, pela segunda fase da Copa do Brasil - que deve acontecer no dia 1º -, o Flamengo aproveita o tempo livre para trabalhar a parte física. Paralelamente a isso, o elenco vive a expectativa pela definição de quem continua ou não no clube. Diretor executivo, Paulo Pelaipe acompanhou a atividade e conversou individualmente com Jorginho nos minutos finais.

Através da assessoria de imprensa, o dirigente avisou que ainda não há certezas sobre o futuro do grupo. Sabe-se, porém, que acontecerão dispensas, além da criação de uma lista de reforços. Jorginho, seu auxiliar, Aílton Ferraz, Pelaipe e o vice de futebol, Wallim Vasconcellos, se reuniram até a madrugada desta quarta para tratar do tema. Em campo, o treinador e o preparador físico Joélton Urtiga comandaram um treino físico e técnico. Os jogadores cumpriram por cerca de 40 minutos um circuito que incluía o aperfeiçoamento de fundamentos como passe, lançamento, cruzamento e finalização.

Recuperados de lesões, Ramon e Amaral participaram normalmente do trabalho. O lateral passou a folga do fim de semana tratando de um problema na coxa direita, após pancada sofrida na vitória por 3 a 0 sobre o Remo. Já o volante, poupado das últimas atividades para resolver problemas particulares, queixava-se de dores no joelho.

Prováveis capitães da barca que deve deixar o Rubro-Negro, Ibson e Alex Silva treinaram com o restante do grupo. No trabalho de finalização, Adryan chamou a atenção com bom aproveitamento, enquanto Gabriel foi um dos mais dedicados. Aberto pela esquerda para realização de cruzamentos, o meia não escondia a irritação a cada erro com a “perna ruim”. Outro fato destacado foi a preocupação de Jorginho e Joélton com Carlos Eduardo, que recebia incentivos toda vez que participava das jogadas para não esmorecer na parte física.

Fonte: www.globo.com

Top News