Publicado em 10/05/2013 as 12:00am

São Paulo dispensa sete, mantém Ney e admite vender Luis Fabiano

João Filipe, Cañete, Wallyson, Fabrício, Cortez, Luiz Eduardo e Henrique Miranda, fora. Time ficará fechado no CT de Cotia até início do Brasileiro


O técnico Ney Franco, do São Paulo, está mantido no cargo, mas sete jogadores não fazem mais parte dos planos e treinarão separadamente a partir de segunda-feira, quando, por determinação do presidente Juvenal Juvêncio, o elenco ficará em regime de concentração no CT de Cotia. O confinamento só termina na véspera da estreia do Tricolor no Campeonato Brasileiro, dia 26, contra a Ponte Preta. Os jogadores afastados são: zagueiro João Filipe (zagueiro), Cañete (meia), Wallyson (atacante), Fabrício (volante), Cortez (lateral-esquerdo), Luiz Eduardo (zagueiro) e Henrique Miranda (lateral-esquerdo). Todos serão negociados.

Em compensação, dois jogadores do Mogi Mirim foram contratados e outros quatro foram promovidos da base.

O presidente afirmou ainda que pode vender Luis Fabiano na janela do meio do ano. Na visão da diretoria, o atacante está desmotivado desde que o clube recusou uma oferta do Qatar, no ano passado. Ele queria sair, pois a proposta salarial era muito boa.

Fonte: www.globo.com

Top News