Publicado em 21/05/2013 as 12:00am

Luxa rechaça pressão e vê Grêmio forte no Brasileiro: 'Somos favoritos'

Desde derrota para Santa Fé, treinador se manifestou pela primeira vez sobre eliminação da Libertadores e nova realidade do Tricolor


Vanderlei Luxemburgo, enfim, se manifestou. Após a eliminação da Libertadores e da reunião com a direção que o manteve no cargo, o treinador deu a sua versão para a queda no campeonato prioritário da temporada e sobre a reavaliação feita sobre o seu trabalho. Negou ter corrido risco de demissão e disse que o momento de dificuldade fará o Grêmio crescer. Ao ponto de ser favorito na disputa do Brasileirão.

- O presidente (Fábio Koff), em momento algum, falou que tinha dúvida sobre a minha permanência. Isso surgiu na imprensa. Eu não vi. Para quem gosta de ganhar, a derrota com eliminação é doída. Degustar isso é complicado. Sábado e domingo, de folga, fiquei com a família. Estava muito tempo sem eles. Estamos nos preparando para a sequência do campeonato. Faremos tudo para, no ano que vem, estar de volta à Libertadores. A gente tinha condições de conquistar, mas saímos como outros clubes saíram. São Paulo e Corinthians, por exemplo. A vida segue. O Grêmio entra como um dos candidatos no Brasileirão. Será a cobrança. Se já há com time que recém ganhou, imagina com quem não ganha faz muito tempo. Somos favoritos, sim. O grupo é muito bom e vai querer dar a volta por cima – disse o treinador em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Fonte: www.globo.com