Publicado em 5/06/2013 as 12:00am

Revelações do Barça aumentam pedida da DIS por sua parte na venda de Neymar

Revelações do Barça aumentam pedida da DIS por sua parte na venda de Neymar


Antes de o Barcelona divulgar os detalhes da compra de Neymar, a DIS estava disposta a aceitar cerca de 11 milhões de euros por seus 40% dos direitos econômicos do atacante.

Mas depois de o clube espanhol informar que pagou 48 milhões euros ao Santos e 10 milhões ao atleta, a empresa mudou de ideia. Agora está disposta a encarar uma longa batalha na Justiça para receber cerca de 20 milhões equivalentes à sua fatia. Um acordo  precisaria ter esse valor como referência.

Para os representantes da empresa, as revelações feitas pela direção do Barça servem como prova de que ela tem direito a cerca de 20 milhões de euros.

Também segundo os investidores, o Santos havia informado que embolsou 17,1 milhões de euros, 30,9 milhões a menos do que a quantia declarada pela equipe catalã.

“Estamos lidando com pessoas que falam em transparência, mas não agem com transparência”, disse Roberto Moreno, executivo da DIS. Ele se refere à direção do Santos e ao Comitê Gestor do clube.

Procurada pelo blog, a assessoria de imprensa do Santos disse apenas que não fala sobre os valores da negociação.

A DIS, que já desconfiava da versão santista, também reclama que o Barça nega ter pago comissão a empresário. Segundo a empresa, o Santos disse que 900 mil euros foram usados com essa finalidade, diminuindo o bolo a ser dividido.

Ainda conforme representantes dos investidores, o Barça chegou a oferecer cerca de 9 milhões de euros por sua parte numa negociação direta entre as duas partes, algo que o clube espanhol nega.

Fonte: www.uol.com