Publicado em 6/06/2013 as 12:00am

Conselho do Santos quer investigar na Espanha a venda de Neymar

Conselho do Santos quer investigar na Espanha a venda de Neymar


A revelação do Barcelona, da Espanha, de que teria assinado pré-acordo com Neymar pouco antes da disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em  dezembro, de 2011, caiu como uma “bomba” na Vila Belmiro. O clube espanhol informou posteriormente que o valor não foi depositado na conta do jogador, conforme relatou o UOL Esporte nesta quinta-feira. Mas o Conselho Deliberativo do clube considerou estranho o caso e analisará toda a operação articulada em 2011.

Os conselheiros exigem mais transparência do Comitê Gestor do Santos em relação à venda de Neymar, e pedem para o presidente do Conselho, Paulo Schiff, autorizar a ida do Comitê Fiscal à Espanha, para investigar como foi realizada a transferência do craque para o time catalão.

José Rubens Marinho, ex-dirigente do Santos, e um dos conselheiros mais respeitados do clube, já enviou um ofício ao presidente do Conselho. No documento, Rubens Marino, que apoiou o presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro nas últimas eleições, lembrou que o Comitê Gestor não está cumprindo o seu principal discurso de campanha eleitoral - priorizar a transparência em sua administração.

Fonte: www.uol.com