Publicado em 1/07/2013 as 12:00am

Neymar mostra cartão de visitas e chega à Espanha como estrela de 1º nível

Neymar mostra cartão de visitas e chega à Espanha como estrela de 1º nível


Neymar chegou à Copa das Confederações cercado de dúvidas sobre seu desempenho, seu poder de decisão e o futuro de sua carreira. Cinco jogos depois, só resta saber como ele se sairá na Espanha, mas o cartão de visitas apresentado foi dos melhores. Com a Bola de Ouro e o título da Copa das Confederações, ele se prepara para chegar ao Barcelona como estrela de primeiro nível.

"Campeão Neymar", estampou o diário catalão Sport em sua capa. "O craque brasileiro se sobressaiu por cima de todos desde a primeira partida", disse o Marca, em sua edição online. "Neymar amassa La Roja", avaliou o Mundo Deportivo.

O camisa 10 da seleção brasileira, na final, só confirmou o status de estrela que recebeu durante todo o torneio. Sob uma grande lupa, todos os seus passos foram avaliados jogo a jogo. Todos deram sua opinião sobre o craque que, até algumas semanas, era praticamente uma exclusividade do torcedor brasileiro, com raras aparições no cenário internacional.

No duelo com a Espanha, ele podia, pela primeira vez na carreira, encarar gigantes do futebol de frente, e não decepcionou. Neymar marcou o segundo do Brasil em um belo chute de esquerda e comandou as ações ofensivas da seleção no segundo tempo. Em uma de suas arrancadas, conseguiu até cavar um cartão vermelho para Piqué, seu futuro colega de time.

"Sabíamos que era um jogador muito rápido. Ele foi muito bem, é um jogadoraço. Estou muito contente que venha jogar com a gente", disse o zagueiro, sem ressentimento. "É um jogador interessante. Que seja bem-vindo à nossa liga, que possa desfrutar", falou Iker Casillas, um dos pilares do rival Real Madrid.

"Foi uma honra, um prazer ter jogado contra eles. São grandes craques. Fico feliz, mais ainda por a seleção ter feito uma grande partida", disse Neymar, sorridente com os três troféus que recebeu neste domingo. Além da Bola de Ouro, o camisa 10 levou para casa o prêmio de melhor do jogo e a Chuteira de Bronze, por ter sido o terceiro melhor marcador da Copa.

Fonte: www.uol.com