Publicado em 29/08/2013 as 12:00am

Flu chega ao Rio após eliminação e Fred pede apoio da torcida em má fase

Flu chega ao Rio após eliminação e Fred pede apoio da torcida em má fase


A eliminação do Fluminense da Copa do Brasil, após derrota por 2 a 0 para o Goiás na última quarta-feira, ainda não foi bem digerida pelo departamento de futebol. No desembarque do grupo no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, a maioria dos atletas não quis falar. O esquema de segurança também foi reforçado. O capitão Fred atendeu os jornalistas, lamentou a queda na competição e disse que os jogadores estão comprometidos, apesar da fase ruim.

"Falta de comprometimento, de dedicação, isso nunca vai existir aqui nesse elenco. A única coisa que a gente pode fazer e tentar trazer o torcedor para o nosso lado. Fluminense nos últimos anos conquistou muita coisa, é um time muito estudado pelos adversários e isso tem sido complicado. Teve uma troca de treinador e o Luxemburgo está tendo pouco tempo para treinar.", disse o camisa 9.

O elenco se concentrará amanhã e os jogadores que foram titulares contra o Goiás realizarão um treinamento regenerativo em um hotel na zona Sul do Rio de Janeiro. Os reservas treinarão na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, evitando protestos da torcida. Lá, o diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano também concederá entrevista coletiva sobre o momento do time carioca. 

O atacante Fred lembrou que a situação do time das Laranjeiras no Brasileirão também é delicada - o time é o 15º, com 18 pontos - e pediu o apoio da torcida. Ele sugeriu uma promoção da diretoria para o jogo contra o Santos, no próximo sábado, às 21h, no Maracanã.

"O Brasileirão tem essa coisa. Se você ganha três, quarto jogos, começa a sonhar com a Copa Libertadores. Mas por outro lado, se perde quatro jogos, fica em uma situação delicada. Tomara que a diretoria faça alguma coisa para trazer a torcida para o nosso lado. Temos muito para conquistar, muito para dar ainda. Esperamos o carinho do torcedor para ajudar a sair dessa situação", disse Fred.

Fonte: www.uol.com