Publicado em 9/09/2013 as 12:00am

Ditador dará '100 garotas por semana' para Rodman treinar Coreia do Norte

Ditador dará '100 garotas por semana' para Rodman treinar Coreia do Norte

A ligação entre Dennis Rodman e a Coreia do Norte pode ficar ainda mais estreita. O mandatário do país, Kim Jong-Un, convidou o ex-jogador da NBA para ser o treinador da seleção de basquete do país na busca por uma vaga nas Olimpíadas do Rio-2016.

"As pessoas ficam muito felizes quando veem esportes. O esporte é a maneira número 1 de manter as pessoas juntas em todo o mundo. Quero uma ponte com a Coreia do Norte", disse o ex-jogador.

Rodman planeja organizar um amistoso entre a seleção norte-coreana e um combinado de ex-jogadores da NBA que foram seus colegas de equipe, em evento que ocorreria no aniversário do ditador, em janeiro. Não deixou claro, porém, se lendas como Michael Jordan e Scottie Pippen serão convidadas para o amistoso.

Questionado sobre a proposta para treinar a seleção do país, Rodman disse se tratar de uma oferta 'irrecusável' devido aos benefícios oferecidos pelo ditador norte-coreano.

"Cheguei e haviam 100 meninas, todas belas asiáticas, esperando por mim. Como é que alguém vai resistir a isso? Dei a cada uma delas um passeio pela estrada de ferro Dennis Rodman, se é que você me entende. Não sei como ele sabia que eu gosto de meninas asiáticas, mas Kimmy é esperto", afirmou Rodman.

"E agora Kimmy diz que vai encontrar 100 novas garotas para mim por semana. Toda semana! E ainda vai me pagar US$ 2 milhões por ano para ser treinador. Honestamente, você recusaria uma proposta dessas? Jesus Cristo não recusaria uma oferta como essa", completou o ex-jogador.

Fonte: www.uol.com