Publicado em 19/09/2013 as 12:00am

Zé Roberto crê que próximas rodadas irão definir o Brasileiro e foca no título

Zé Roberto crê que próximas rodadas irão definir o Brasileiro e foca no título


Nem mesmo o empate do Grêmio, em casa, contra o Santos e a vitória do Cruzeiro sobre o vice Botafogo, na última quarta-feira, abalou a confiança do Zé Roberto. O meia segue acreditando que é possível conquistar o título do Brasileiro, apesar dos 11 pontos de distância para o líder mineiro. Porém, crê que às definições irão ocorrer nas próximas rodadas.

"Precisamos buscar os pontos que acabaram faltando em casa. Sabemos que vamos enfrentar equipes que estão em situações complicadas, mas temos que pensar no nosso trabalho. Temos uma sequência de jogos difíceis, mas, no meu ponto de vista, são fundamentais para a gente que quer permanecer no G-4 e se aproximar dos líderes. Precisamos ganhar ou somar pontos. Porque daqui a cinco ou seis jogos, a competição começa a se definir. Quais equipes irão lutar pelo título, por vaga e pelo rebaixamento. A nossa proposta é continuar sonhando com título e, para isso, precisamos ganhar esses jogos difíceis", declarou Zé Roberto.

O primeiro confronto será contra o Vitória, no sábado. O segundo contra o São Paulo, no dia 29, no Morumbi. Porém, na quarta-feira, o tricolor gaúcho enfrenta o Corinthians, na primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil. No dia 2, o adversário será o Atlético-PR, na Arena. O planejamento é conquistar três vitórias para se aproximar do líder Cruzeiro e torcer por resultados negativos dos concorrentes neste período.

Pensando no melhor para o Grêmio, Zé Roberto vê com normalidade a substituição feita por Renato Gaúcho no segundo tempo da partida contra o Santos, algo incomum na passagem do jogador pelo Rio Grande do Sul. Depois de ficar um longo tempo em recuperação de uma lesão e voltar aos poucos ao time, o meia crê que ainda não está na condição física ideal.

"Claro que a gente entende. Até porque o treinador optou por formação mais ofensiva. A gente vem de uma sequência onde que desde a minha lesão tive sequência de jogos. O importante é estar sempre à disposição. Os jogadores que entraram foram muito bem. Temos que priorizar sempre o grupo, até porque quem ganha é o grupo e o treinador que tem esses jogadores nas mãos. É normal você iniciar uma partida, de repente, não iniciar, e ser substituído. É normal, entrar durante ela e isso tudo faz parte do futebol", disse o meia.

O Grêmio está na Bahia e treina nesta sexta-feira em Salvador. O jogo contra o Vitória está marcado para sábado, às 21h, no Barradão. Os gaúchos ocupam a terceira colocação com 38 pontos. Os baianos estão na sexta posição com 30.

Fonte: www.uol.com