Publicado em 4/11/2013 as 12:00am

Ministro rebate e fala que Brasil será seguro para a Copa

Ministro rebate e fala que Brasil será seguro para a Copa

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, conversou com os jornalistas na manhã desta quarta-feira, na Costa do Sauípe, na Bahia, e foi questionado principalmente sobre a segurança no Brasil e o atraso nas obras dos estádios que serão utilizados na Copa do Mundo de 2014. Na coletiva, o político comparou as arenas ao atraso da noiva em uma festa de casamento. Além disso, Aldo criticou duramente a segurança em países da Europa, principalmente em Paris, na França. - Eu ando há 40 anos de avião no Brasil, e a única vez que fui roubado em um aeroporto foi em Paris. Personalidades brasileiras, como Ruth Escobar, foram saqueadas em Paris. E, quando o assunto é segurança, os casos de violência só são previsíveis em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador ? esbravejou. Aldo Rebelo foi além em suas críticas à segurança nos países da Europa. - Eu estava em Paris outro dia com um amigo e ele largou a mochila num canto. Eu disse para ele retomar a bolsa, porque no Brasil uma bolsa largada é levada para o setor de achados e perdidos. E na Europa, uma bolsa largada causa pânico. Nós temos, sim, violência, mas de origem social. Em relação ao atraso nas obras das seis arenas que restam para a Copa do Mundo de 2014, Aldo fez uma comparação com o casamento.

Fonte: (G1)