Publicado em 5/11/2013 as 12:00am

Del Bosque vê Espanha 'um pouco obrigada' a convocar Diego Costa

Del Bosque vê Espanha 'um pouco obrigada' a convocar Diego Costa

O técnico da seleção espanhola, Vicente del Bosque, admitiu nesta segunda-feira que a federação de futebol de seu país se sente "um pouco obrigada" a convocar Diego Costa após a decisão do brasileiro de escolher jogar pela 'Fúria', mas garantiu que isso não significa que o atacante terá um "crédito infinito" que o faça permanecer nas listas.

"Queríamos falar com ele primeiro para saber sua opinião e nos sentimos um pouco obrigados, mas não é um crédito infinito. Os méritos de cada jogador terão que ser levados em conta no final da antes da Copa do Mundo", disse Del Bosque após uma palestra que deu em Bilbao.

Para o técnico, "Diego Costa é um a mais que se acrescenta a uma ampla lista de jogadores que neste momento podem vir à seleção, e dessa concorrência acho que a seleção sai beneficiada".

"Há muitos casos de gente que não tinha nascido na Espanha que foram excelentes jogadores para nossa seleção", argumentou o treinador.

"Somos gente aberta, sabemos que essa situação não é nova. Felizmente, os jogadores e quase todos os cidadãos do mundo poderão escolher por qual país se naturalizar", afirmou, acrescentando que o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, muito crítico para com Diego Costa, "nesta assunto está em seu papel".

Del Bosque explicou que Felipão "sempre foi muito amável" no trato com ele. "Nos conhecemos há muitos anos, e ele defendeu à sua maneira a decisão que Diego Costa tomou com base na liberdade que qualquer um deve ter. Não tenho nada contra Scolari, em absoluto", assegurou.

Fonte: www.uol.com