Publicado em 20/01/2014 as 12:00am

Manning embolsa Brady, domina jogo e elimina o Patriots

Manning embolsa Brady, domina jogo e leva Denver Broncos ao Super Bowl

Parecia um confronto entre heróis, daqueles que estampam séries especiais de revistas em quadrinhos. Durante toda a semana, o confronto entre Peyton Manning e Tom Brady parecia ser ainda maior que o jogo em si. Na briga por um lugar no Super Bowl, Denver Broncos e New England Patriots apostavam suas fichas em suas maiores estrelas. Nos confrontos diretos, o marido de Gisele Bündchen levava a melhor até este domingo. Em uma tarde sem muita inspiração, porém, o quarterback ainda ensaiou uma reação no fim, mas pouco conseguiu fazer diante do rival. Ao lado do escudeiro Demaryius Thomas, Manning acertou quase tudo o que tentou fazer na partida e levou seu time ao título da AFC (conferência americana). Por 26 a 16, os Broncos garantiram lugar no Super Bowl. Manning fechou o jogo com passes para 400 jardas, enquanto Brady só alcançou 277. Demaryius Thomas, com 174 jardas percorridas e um touchdown, foi outro destaque dos Broncos. Os Broncos escolheram chutar a bola, então coube aos Patriots iniciarem as jogadas ofensivas. Tom Brady acertou seu primeiro passe, de cinco jardas, para Julian Eldeman. O quarterback do time de New England, no entanto, errou na sequência, diante da boa defesa dos Broncos. Era um jogo nervoso. Do outro lado, Peyton Manning também não conseguiu levar seu time aos primeiros pontos do jogo, ainda que tenha conseguido um first down. Mas foi Manning quem conseguiu a primeira bela jogada da tarde, com dois passes longos em sequência, abrindo a possibilidade do primeiro touchdown da partida. O quarterback, porém, errou o passe nas três tentativas, e os Broncos precisaram se contentar com um field goal, em chute de Matt Prater: 3 a 0. Os Patriots tentaram a recuperação ainda no primeiro quarto. Brady finalmente conseguiu seu first down, mas as coisas não funcionavam muito bem no ataque de New England. Assim, o time da casa viu o cronômetro zerar na frente. No retorno, o jogo seguiu truncado. Os Broncos mostravam mais força ofensiva, e Manning, uma mão mais calibrada. Em mais uma bela jogada terrestre pelo meio, Montee Ball encontrou um buraco na defesa dos Patriots e levou o time para perto da end zone. Algumas jogadas depois, Manning encontrou Jacob Tamme sozinho para que o companheiro marcasse o primeiro touchdown do jogo. Matt Prater não desperdiçou o ponto extra na sequência, e os Broncos já venciam por 10 a 0. Brady tentava arrumar a casa aos gritos, mas nada parecia funcionar. O marido de Gisele Bundchen não encontrava espaço na forte defesa dos Broncos e chegou a ser levado ao chão por Ayers. Na sequência, Gostkowski acertou o field goal e diminuiu a diferença no placar: 10 a 3 para o time de Denver. Mas ainda faltavam dois minutos para o fim do primeiro tempo. Manning acertou dois belos passes em sequência para DemaryiusThomas e ganhou algumas jardas. O touchdown não veio, mas Prater acertou o field goal e abriu mais três pontos (13 a 3). A 25s do fim, Brady ainda teve a chance de fechar uma campanha, mas os passes voltaram a não sair. Os Broncos iniciaram o terceiro quarto com a bola nas mãos. E o panorama do jogo não mudou muito. Os torcedores dos Patriots que sonhavam com uma virada como a da temporada regular acordaram com o barulho que a torcida rival fez ao comemorar o segundo touchdown dos Broncos. Após uma nova bela campanha, Manning voltou a achar Demaryius Thomas sozinho para marcar mais uma vez. Prater acertou o lance extra, e o placar já marcava 20 a 3. Do lado dos Patriots, o nervosismo só aumentava. O time de New England sofria ao ver que seu maior astro falhar a cada tentativa. Brady errava a mão nos passes e exagerava na força. Para completar, foi ao chão mais uma vez, sacado pelo gigante Terrance Knighton. Pelos Broncos, tudo dava certo. Manning, em mais um passe sensacional, voltou a colocar Thomas para correr, ganhando jardas segundos antes do fim do terceiro quarto. Os Patriots tinham 15 minutos para virar o jogo, mas os Broncos seguiram pressionando. Thomas não conseguiu segurar o passe de Manning para um novo touchdown, mas Prater aumentou a vantagem ao converter o field goal: 23 a 3. Era tudo ou nada para os Patriots. E, em busca da reação, Tom Brady enfim acertou. O quarterback encontrou Julian Edelman sozinho na end zone para marcar o primeiro touchdown do time de Boston. Depois, Gostkowski acertou o lance extra para diminuir: 23 a 10. Denver desperdiçou a campanha seguinte, mas Prater marcou mais um field goal na partida. Brady, enfim, chamou a responsabilidade. Em frente à end zone, o quarterback fez a jogada individual e marcou o touchdown. Mas a situação ainda era complicada. Na tentativa dos dois pontos extras, Vereem falhou, e a diferença era de dez pontos a três minutos do fim: 26 a 16. Os Patriots ainda lutaram, mas não funcionou. Os Broncos estão no Super Bowl.

Fonte: (G1)