Publicado em 22/01/2014 as 12:00am

COPA - Dilma afirma que Arena da Baixada ficará pronta

Dilma diz ter certeza que Arena da Baixada ficará pronta para a Copa

 A inauguração era da Arena das Dunas, em Natal, mas a presidente da República, Dilma Rousseff, não conseguiu fugir das perguntas sobre a Arena da Baixada, em Curitiba, nesta quarta-feira. Um dia após a Fifa dar o prazo até 18 de fevereiro para confirmar a cidade paranaense na Copa do Mundo, Dilma afirmou ter certeza que o estádio do Atlético-PR estará pronto para o torneio. - É aquilo que Nelson Rodrigues dizia: não é possível apostar no pior. Acredito que o governador, que o prefeito e que o empresário que são responsáveis vão fazer o estádio no prazo. Tenho certeza. O Brasil tem que apostar a seu favor, e não contra - disse a presidente. Na última terça, uma comitiva da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL) visitou a Arena da Baixada. Após a inspeção, o secretário-geral da entidade máxima do futebol, Jérôme Valcke, demonstrou preocupação com o andamento da obra e afirmou que a decisão sobre o futuro de Curitiba na Copa será tomada no próximo mês. - Todos os envolvidos concordaram: a confirmação de Curitiba como cidade-sede será em 18 de fevereiro, antes do seminário em Florianópolis. Plano com três medidas do governo e de Curitiba deve acelerar o processo para ter o estádio pronto para a Copa. Agora, a bola está nas mãos de Curitiba e do governo para implementar as medidas - escreveu o francês em uma rede social. Nesta quarta, antes da inauguração da Arena das Dunas, o presidente da CBF e do COL, José Maria Marin, confirmou que há um \"plano B\" para substituir Curitiba: - Sei que tivemos vários alertas, vários avisos, e me parece que esses alertas não foram correspondidos com a recuperação do prazo dado pela Fifa. A situação é difícil. Nesse sentido, acredito que os responsáveis pela construção precisam recuperar o tempo perdido ou, pela primeira vez, esteja sendo estudado pela Fifa um plano B. Foi dado um sinal amarelo grande ? admitiu Marin. No embrião do projeto Copa do Mundo, a Arena da Baixada tinha data prevista de entrega para 31 de dezembro, assim como todos os outros seis estádios que não participaram da Copa das Confederações. Mas houve uma sequência de problemas e a última data prevista era 29 de março. Data que não deve ser cumprida.

Fonte: (G1)