Publicado em 24/01/2014 as 12:00am

Dana White: 'Weidman será melhor do mundo se vencer Belfort'

Dana White: 'Chris Weidman será melhor do mundo se vencer Belfort'

Não demorou muito tempo para Dana White mudar de opinião sobre a posição de melhor lutador peso-por-peso do mundo. Uma semana após declarar que o brasileiro Renan Barão, atual campeão dos pesos-galos do UFC, se tornaria o líder da lista caso derrote Urijah Faber no próximo dia 1º de fevereiro, o presidente da companhia disse nesta quinta-feira, em Chicago, que o americano Chris Weidman, atual campeão peso-médio da organização, poderia tomar o posto do potiguar com uma vitória sobre Vitor Belfort, seu próximo desafiante. - Ele é o melhor, ele é o número 1. Como ele não seria número 1 peso-por-peso no mundo se bater Vitor Belfort? É impossível não considerá-lo o cara número 1 peso-por-peso - argumentou White em entrevista ao site americano "Fox Sports". O debate promete mobilizar fãs e imprensa especializada em MMA. Contra Faber, Barão defenderá uma sequência de 33 vitórias desde sua primeira e única derrota, logo em sua estreia. Já Weidman tem apenas 11 vitórias na carreira, mas jamais foi derrotado e venceu duas vezes Anderson Silva, recordista de triunfos no UFC com 16 e considerado até o ano passado o melhor lutador do mundo. Há ainda Jon Jones, recordista de defesas bem sucedidas de cinturão no peso-meio-pesado e que tem apenas uma derrota, por desclassificação, no cartel. Georges St-Pierre, considerado por muitos o melhor peso-por-peso do mundo, anunciou recentemente um hiato em sua carreira. A data para o desafio que pode colocar Weidman no topo da lista, porém, segue indefinida. Dana White afirmou que o UFC segue trabalhando com as possibilidades de fazer a luta ou no feriado do Memorial Day (homenagem aos americanos mortos em serviço militar), no dia 26 de maio, ou no feriado de Independência dos EUA, em 4 de julho. Ele revelou que Weidman tem preferência por fazer o combate com Belfort em maio, após lutar em julho nos últimos dois anos. - Weidman está insistindo para que seja mais cedo porque ele quer ter um verão normal com sua família. Ele não tem um verão normal há um tempo, então nós vamos tentar acomodar isso - explicou o dirigente.

Fonte: (G1)