Publicado em 2/02/2014 as 12:00am

Thorpe nega internação para tratar alcoolismo e depressão

Agência de Thorpe nega internação para tratar alcoolismo e depressão

A notícia de que Ian Thorpe estaria internado em um hospital para tratar de depressão e alcoolismo preocupou o mundo aquático esta semana. A agência que gerencia a carreira do nadador, porém, negou nesta sexta-feira a informação publicada pelo jornal "Daily Telegraph". Segundo um porta voz da empresa, o ídolo da natação australiana estava internado para uma operação no ombro. - A matéria que saiu no "Daily Telegraph" está incorreta. Ian não está em reabilitação. Ele estava no hospital para uma operação no ombro e tenho o prazer de avisar aos seus amigos e fãs que ele saiu do hospital e está se recuperando - disse um porta-voz da agência do nadador, ao "The Guardian". O australiano teria sofrido uma queda no início da semana e foi internado no hospital na quarta-feira. Na manhã de sexta-feira, ele recebeu alta e voltou para a casa da sua família, também em Sydney. Embora a agência tenha negado alcoolismo e depressão como os motivos para a internação, Ian Thorpe já tem um histórico envolvendo esse tipo de problema. Aos 31 anos, o australiano continua sob os cuidados de especialistas na sua longa batalha contra a depressão. Em 2012, cogitou retornar aos treinamentos para ir às Olimpíadas de Londres, mas não conseguiu e foi trabalhar como comentarista. Em sua autobiografia, publicada no ano passado, o "torpedo" revelou que nem seus familiares sabiam da existência do problema. Ian Thorpe ganhou cinco medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, sendo o australiano com mais medalhas de ouro olímpicas. Foram duas nos 400m nado livre (Sydney-2000 e Atenas-2004), mais duas em casa nos revezamentos 4x100m e 4x200m, além dos 200m na Grécia. Em 2001, se tornou a primeira pessoa a ganhar seis medalhas de ouro em um Campeonato Mundial

Fonte: (G1)