Publicado em 14/02/2014 as 12:00am

Jogadores repudiam caso de racismo e pedem punição

Jogadores demonstram repúdio em caso de racismo e pedem punição

A indignação pelos atos de racismo contra o volante Tinga começou no gramado, passou pelos vestiários e chegou as redes sociais. Companheiros do jogador, os atletas do Cruzeiro e de outros clubes aproveitaram a péssima situação para demonstrar o repúdio com o episódio protagonizado pela torcida do Real Garcilaso, do Peru, na partida contra o time celeste, em Huancayo, na estreia dos times na Libertadores.

Júlio Baptista, que entrou no segundo tempo da partida, assim como Tinga, ampliou as reclamações e questionou a Conmebol. O zagueiro Dedé foi quem se mostrou mais inconformado com a situação.

Jogadores de outros times, como o meia Alex, do Coritiba, também lamentaram o ocorrido e mandaram força para o volante do Cruzeiro.

- Estou nessa com vc Tinga!! Oq eu vi hj foi um dos maiores absurdos q já vi em um campo de futebol. As pessoas responsáveis pela Conmebol devem tomar uma atitude o mais rápido possível - escreveu o meia em uma rede social.

Fonte: (g1)