Publicado em 23/03/2015 as 12:00am

Dana White rebate Wanderlei Silva e diz que ele "é escravo dele mesmo

"Wanderlei Silva correu de um teste antidoping. Se ele é um escravo, é um escravo dele mesmo, de seu próprio erro.

A relação de Wanderlei Silva com o UFC vai de mal a pior. Depois de o "Cachorro Louco" postar em seu Facebook, no último sábado (21), que está sendo "perseguido, discriminado e tratado como escravo por esse evento", o presidente da organização, Dana White, rebateu as declarações, durante a coletiva do UFC Rio 6.

"Wanderlei Silva correu de um teste antidoping. Se ele é um escravo, é um escravo dele mesmo, de seu próprio erro. Tudo o que o Wanderlei fez de errado, ele trouxe para si mesmo. Eu sei disso, vocês sabem disso, e todo mundo sabe disso", afirmou White.

Desde 2007 na organização, Wanderlei Silva tenta se desvincular do UFC desde o ano passado, quando teria fugido de um exame antidoping surpresa. Na ocasião, ele era técnico da terceira edição do TUF Brasil e enfrentaria Chael Sonnen, treinador da outra equipe. O combate, no entanto, nunca aconteceu.

Por conta da fuga do exame antidoping, Wanderlei Silva foi suspenso por dois anos pela Comissão Atlética de Nevada. Com cinco derrotas e quatro vitórias no UFC, o "Cachorro Louco" não atua desde março de 2013. Na ocasião, ele venceu Brian Stann, no Japão, por nocaute.

Fonte: uol.com.br