Publicado em 6/04/2015 as 12:00am

Ronaldo Nazário traz Léo Moura para jogar no Strikers

Ex-capitão do Flamengo atuará com a camisa 10 no time do Fenômeno

Fort Lauderdale (FL) – Apresentado na última sexta-feira, no Lockhart Stadium, sede do Fort Lauderdale Strikers, como o novo contratado do time - que tem o ex-jogador da seleção brasileira Ronaldo Nazário como um dos donos -, Léo Moura assume a camisa 10 e atuará como o capitão de seu novo clube. “Acabo de chegar e já estou me sentindo em casa. Estou muito feliz pelo convite e por estar num país onde sempre sonhei em viver com minha família. Quero ter o mesmo sucesso que tive no Brasil”, disse o ex-lateral-direito do Flamengo.

Para a apresentação do novo meia do time, estiveram ao lado de Ronaldo, além do técnico argentino Marcelo Neveleff, duas lendas vivas que passaram nos anos 80 pelo Strikers: o ex-jogador da seleção chilena Elías Figueroa e o peruano Nenê Cubillas, que representou o Peru em três Copas do Mundo. Ambos futebolistas foram aplaudidos ao falarem da importância pessoal e profissional dos períodos que viveram atuando no time floridiano.

De 9 para 10 - Após uma breve introdução da carreira de Léo Moura e de confirmarem a confiança que depositam no novo contratado, os dirigentes do time passaram, pelas mãos do ex-camisa 9 da seleção brasileira Ronaldo, a nova camisa 10 do Fort Lauderdale Strikers a Léo. Questionado se seria um cartola duro com seus jogadores, o Fenômeno disse que, apesar de ver um desafio enorme administrar esse clube americano, pretende ser um chefe bastante maleável devido à confiança que tem na experiência de Léo Moura para capitanear o time.

O céu será o limite para o Strikers. Pensaremos grande. Os EUA são o segundo país do mundo em crescimento, quando falamos em termos de futebol. Temos que estar preparados para participar na dianteira desse crescimento”, disse Ronaldo Nazário. Respondendo a uma pergunta da Imprensa sobre quem ele gostaria de ver no clube para alavancar mais importância ao Fort Lauderdale Strikers, o atleta foi enfático: Lionel Messi. Ele pagaria de seu próprio bolso, se pudesse comprar o passe do argentino que atualmente é atacante do Barcelona, garantiu.

Brincando com sua atual forma física, Ronaldo Fenômeno falou que já conversou com o técnico do time, Marcelo Neveleff, que se os treinamentos não forem tão duros com ele, o atleta pretende jogar em algumas partidas, possivelmente nos playoffs. “Não vou me expor ao ridículo, vou treinar muito para merecer ser incluído e jogar uma partida. Não estou mal, mas para jogar bem tenho que estar um pouco melhor”, disse.

O ponta-pé inicial do Strikers na abertura oficial da temporada 2015 da NASL (North American Soccer League), realizada no sábado, no próprio estádio do time, não agradou muito a seus fãs. Jogando contra o New York Cosmos para uma multidão de 11.691 pagantes, o time perdeu em casa por 1 a 0 para seu antigo e ferrenho rival.

O Strikers é um dos mais importantes times do futebol americano que disputam a NASL. Fundado em 1972 com o nome de Miami Gatos, o Fort Lauderdale Strikers ganhou seu novo e atual nome ao mudar-se para o condado de Broward, em 1977. Seu sucesso em campo levou a um fenomenal crescimento de fãs, obrigando a direção do time a fazer reformas em seu estádio - o Lockhart Stadium – duas vezes, aumentando o número de assentos de 8 mil para 11 mil, e, posteriormente, para 15 mil lugares. A recente parceria de Ronaldo Fenômeno – um dos mais importantes jogadores de futebol do mundo – como um dos donos do time com certeza vai catapultar ainda mais o sucesso do Strikers.

Fonte: Da Redação do Brazilian Times | Reportagem de Gilvan De Sergipe