Publicado em 25/05/2016 as 12:00pm

Homem é preso por invadir estado e declarar amor por jogador brasileiro do Orlando City

Kaká se aproximou do fã depois que ele foi contido, deu um tapinha no ombro e lhe deu um abraço.

Um homem foi preso e acusado de conduta desordeira depois que invadiu um campo de futebol para declarar o seu amor pelo jogador Kaká, do Orlando City. O fato aconteceu após a partida entre o time do brasileiro contra o Montreal, que aconteceu no sábado, dia 21.

Nicolas Varon, 20 anos, se aproximou de Kaká por trás e agarrou o braço dele antes que a polícia o interceptasse. O rapaz foi algemado e levado para a prisão do Condado de Orange, onde depositou uma fiança no valor de US$250 e foi liberado para responder ao processo. “Ele estava apenas dizendo ao jogador: ‘eu te amo, eu te amo, eu te amo”, disse o vice-presidente de comunicações do Orlando City, Diogo Kotscho, que estava em pé atrás do brasileiro naquele momento.

Ele disse que foi a primeira vez que viu isso acontecer durante as partidas que assistiu de seu clube, mas ressaltou que esse tipo de atitude é bastante comum no Brasil e na Europa. “O cara estava apenas tentando mostrar o seu amor, claro que não foi da melhor maneira”, continuou.

Kaká se aproximou do fã depois que ele foi contido, deu um tapinha no ombro e lhe deu um abraço. O treinador do Orlando City, Adrian Heath, disse que quando os fãs correm o campo depois de um jogo, normalmente não oferece perigo, mas existem precauções de segurança que devem ser tomadas para evitar incidentes violentos, como ocorreram em estádios ao redor do mundo.

Ela lembra que após o Hibernian vencer Rangers Football Club, na Taça da Escócia, sábado, os fãs correram o campo e agrediram os jogadores da equipe perdedora. Outro caso citado por ele foi quando um jogador de equipe de divisão regional espanhola foi esfaqueado por um torcedor depois de uma partida no mês de março.

"Sempre temos preocupação quando alguém vem até você, porque nunca temos a certeza de como esta pessoa vai reagir", disse Heath. "[Kaká,] ele está acostumado com isso toda a sua vida; pessoas chegando e tentando tirar autorretratos e ficar perto do ídolo, mas, como de costume, ele tratou a situação de uma maneira perfeita", seguiu.

O Orlando City venceu a partida com uma grande atuação de Kaká. A partida terminou 2 a 1, e é válida pela Major League Soccer (MLS). O craque brasileiro deu duas assistências para o centroavante Cyle Larin marcar os gols do time e ajudou a equipe a espantar a má fase, já que não vencia há seis jogos.

Fonte: braziliantimes.com

Top News