Publicado em 25/08/2016 as 8:00am

Lavillenie não aceita vaia da torcida brasileira: "desrespeitoso"

"Se Bolt estivesse disputando contra algum brasileiro, não seria tão amado na Rio-2016", diz Lavillenie

O atleta francês do salto com vara Renaud Lavillenie, medalhista de prata na Rio-2016 após perder para o brasileiro Thiago Braz, parece não ter aceitado ainda as vaias da torcida brasileira.

Em entrevista a um canal francês nesta quarta-feira (24), Lavillenie afirmou que o velocista Usain Bolt só não foi criticado, pois não havia nenhum brasileiro disputando com o jamaicano.

"Se Bolt estivesse disputando contra algum brasileiro, não seria tão amado na Rio-2016", diz Lavillenie.

"O comportamento do público antes estava tranquilo. Começou a ficar pior quando Thiago passou a disputar o ouro, quando passou dos 5,93m. E não fui o único estrangeiro que sofreu com as vaias, com o comportamento desrespeitoso. O americano Sendricks também. O polonês... Eu tive que pular mais nessas condições ruins do que os outros, pois fui até o final. Mas o que foi muito decepcionante foi o que aconteceu no pódio. Durante a competição foi decepcionante, mas nós tivemos que lidar com isso. E no pódio, bem, Thiago é muito jovem. Talvez ele não estava pronto para lidar com esse tipo de situação. Foi sua primeira grande final no cenário mundial", afirmou.

"Se o Thiago estivesse aqui (França), teria sido maravilhoso pelo aspecto desportivo. Porque iria reunir os melhores atletas do salto com vara para uma batalha real", concluiu.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br