Publicado em 27/07/2009 as 12:00am

Leonardo e Dida em coletiva com a imprensa de Massachusetts

Os ex-jogadores da seleção brasileiro, o lateral Leonardo e o goleiro Dida, participaram de yma reunião promovida pela diretoria do New Englando Revolution, em Cambridge-Massachusetts

 

Os ex-jogadores da seleção brasileiro, o lateral Leonardo e o goleiro Dida, participaram de yma reunião promovida pela diretoria do New Englando Revolution, em Cambridge-Massachusetts. O encontro aconteceu no sábado, no restaurante Midwest Grill, e participaram representantes da imprensa local e jogadores brasileiros das categorias de base de alguns clubes em Framingham e Marlboro.

Além de responder à algumas perguntas da imprensa, os dois deram autógrafos e tiraram fotos com os “pequenos jogadores” que estavam no evento.

Leonardo atualmente é o técnico do Milan, mas começou sua carreira como lateral-esquerdo do Flamengo e depois foi meia no São Paulo, Valência, Paris Saint German e Milan.

Na seleção brasileira, Leonardo teve a chance de iniciar na posição de laterial-esquerdo na Copa do Mundo de 1994, deixando o experiente Branco no banco. Ele ainda relembra a conquista do mundial e afirma que “o tetracampeonato foi o momento mais importantes de sua carreira”.

Depois que encerrou suas atividades como jogador, Leonardo se dedicou à atividades sociais e participa ativamente na Fundação Gol de Letra e na Fondazione Milan.

No Milan, ele ocupa, desde 2003, o cargo de consultor de mercado, sendo o responsável pela contratação de Kaká. Nesta temporada 2009/2010 ele assumiu o posto de técnico da equipe.

O goleiro Dida começou suas atividades profissionais atuando pelo Vitória da Bahia, em 1992. Ele também atuou pelo Corinthians e Cruzeiro e na Europa se formou no clube Lugano (equipe suíça).

Dida já havia atuando pelo Milan, mas teve uma pssagem rápida, pois devido á um erro na Copa da UEFA, foi mandado prematuramente de volta ao Brasil. Em 2001 ele voltou ao clube italiano, mas no ano seguinte voltou para o Corinthians. E pouco tempo depois retornou ao Milan onde é dono até os dias atuais da posição de titular.

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)