Publicado em 9/06/2014 as 12:00am

Brasileiros representam 44.7% dos naturalizados em MA

Brasileiros representam 44.7% dos naturalizados em MA

O número de brasileiras e brasileiros que se tornaram cidadãos norte-americanos já ultrapassou 100 mil nos Estados Unidos. Em Massachusetts, em 2013, nossa comunidade representou 44.7% de todos os imigrantes naturalizados, totalizando 1.776 brasileiros naturalizados. A nível nacional os brasileiros de MA perfazem 11.83% dos novos cidadãos mas esta percentagem deve ser bem maior porque os dados relativos a brasileiros nos Estados Unidos abrangem de 1991 a 2013 enquanto o número de brasileiros naturalizados em MA abrange apenas de 2004 a 2013. A informação é do Departamento de Imigração, USCIS, que todos os anos compila estatísticas relativas ao fluxo imigratório no país.

Brasileiras e brasileiros continuam ocupando o segundo lugar em Massachusetts nas cerimônias de naturalização, com dominicanos em primeiro lugar, e Haiti, Índia e China logo depois do Brasil. Ano passado, China ocupou o quarto lugar e Índia o quinto. Em relação à região da Nova Inglaterra, Massachusetts é disparado o estado que mais brasileiros juram a bandeira, com Connecticut em segundo lugar com 341; New Hampshire 72; Rhode Island 23, Maine 10 e Vermont 8.

Em 2013, o número de imigrantes naturalizados em todo o país (779,929) aumentou ligeiramente em relação a 2012 (757,434), mas o número de imigrantes da América do Sul caiu de 76,992 em 2012 para 76,167 em 2013. Esta mesma tendência é experimentada em Massachusetts onde o número de imigrantes jurando a bandeira caiu de 22, 753 em 2012 para 21,404 em 2013. Os brasileiros de MA representam 44.7% de todos os imigrantes naturalizados no estado, ano passado.

“Estes dados são expressivos”, disse a diretora-executiva do Grupo Mulher Brasileira, Heloisa Maria Galvão, explicando: “Cem mil é um número impressionante porque não interessa onde estes brasileiros estão. O que interessa é que eles têm poder de decisão e podem usá-lo quando quiserem. Eu gostaria de saber quantos são eleitores. Cem mil elege um presidente. A nossa comunidade depende dos políticos para ter mais respeito, dignidade e justiça e se só em Massachusetts temos quase 10 mil brasileiros eleitores, isso quer dizer que se toda esta população estiver presente e votar, podemos mudar o rumo das coisas”.

Outro dado interessante, disse Heloisa, é que os gráficos da imigração mostram que os brasileiros se naturalizaram em todos os estados do país, com exceção do Havai. Wyoming e postos das forças armadas registraram o menor número (4, cada), seguidos de Montana com 5 e a Florida registrou o maior número com 2,255.

“Este ano fizemos uma parceria com o programa AmeriCorps e estamos oferecendo aulas de cidadania”, disse Heloisa. “Um dos programas mais fortes do Grupo é o engajamento politico e tradicionalmente nos concentramos em registrar eleitores. No entanto, este ano além das parcerias que temos com a MAPS e MIRA, por exemplo, estamos oferecendo aulas de cidadania”.

Segundo a co-fundadora do GMB, a decisão deve-se ao fato de que as organizações notaram uma queda no número de brasileiros procurando classes de cidadania e “nós acreditamos que podemos ajudar porque nossa equipe está na comunidade, vive na comunidade, passa pelos mesmos problemas da maioria dos brasileiros e, portanto, tem condições de entender perfeitamente o que é não ter nível educacional na sua própria língua, não poder pagar o custo da naturalização, ter que faltar aula para trabalhar. Nós não estamos no Grupo para julgar as pessoas mas para dar as mãos e lutarmos juntas. As classes foram muito bem aceitas e os alunos aprendem no seu próprio ritmo. Nossas portas estão sempre abertas e quem vier será atendida (o) com carinho e respeito”.

O Grupo Mulher Brasileira oferece aulas de cidadania e inglês aos sábados e quinta-feira à noite. A voluntária Maria Lourdes da Silva está disponível para dar aulas em casa e durante o dia. Entre em contato através do telefone 617-202-577

Fonte: (da redacao)