Publicado em 29/05/2015 as 12:00am

Paraense morre durante travessia para os Estados Unidos

A paraense Suenne Ferreira Lima morreu no último sábado (23) ao tentar atravessar ilegalmente a fronteira dos Estados Unidos pelo México.

A paraense Suenne Ferreira Lima morreu no último sábado (23) ao tentar atravessar ilegalmente a fronteira dos Estados Unidos pelo México. Suenne tinha asma e passou mal durante o trajeto, precisando ser hospitalizada em território americano.

Diagnosticada com um quadro de pneumonia, por ter enfrentado altas temperaturas no deserto, Suenne não resistiu e faleceu. A família de Suenne é de Canaã dos Carajás e afirma não ter condições de pagar o traslado do corpo, que custa cerca R$ 30 mil reais. 

Familiares pretendem enterrar o corpo de Suenne em Bom Jesus do Tocantins, cidade natal da vítima, no entanto, aguardam para hoje o resultado do laudo necropsial sobre as possíveis causas da morte.

Os parentes de Suenne são de Bom Jesus do Tocantins, distante cerca de 80 quilômetros de Marabá, no sudeste paraense, e esperam informações de amigos da jovem que estavam com ela na Guatemala.

A tia da jovem, Deusina Ferreira Lima, muito abalada, não confirma a morte de Suenne por conta do frio ou de pneumonia. Por telefone ela informou que somente o laudo da necropsia vai revelar realmente o que de fato aconteceu.

O que se sabe é que Suenne Lima teria ido para a Guatemala, onde já residia um amigo da família, e que de lá ela aguardava a oportunidade de entrar nos Estados Unidos.

Somente após a liberação do corpo e do passaporte da jovem, é que a família poderá saber o real valor dos gastos com o traslado do corpo até o Brasil. “Nós não temos informações concretas. Não sabemos nem o dia que ela morreu, se foi de quinta pra sexta, ou de sexta pra sábado”, disse Deusina Lima.

Um primo de Suenne acompanha o corpo nos Estados Unidos e está repassando informações para a família sobre quando poderá levar a prima para Bom Jesus do Tocantins.

Uma mobilização acontece na cidade para ajudar na angariação de recursos para o traslado do corpo.

Suenne Lima era natural de Bom Jesus do Tocantins, mas morava na cidade de Canaã dos Carajás, também no sudeste paraense. Ela teria ido aos Estados Unidos em busca de oportunidades de trabalho e de realizar o sonho de sua mãe, construir uma casa nova.

Fonte: Da Redação