Publicado em 7/03/2008 as 12:00am

Chefe da Imigração responde a perguntas de brasileiros

Bruce Foucart participa de programa radiofônico em Framingham-MA

Por Elizabeth M. Simões

Brazilian Times

 

 

Inúmeras ligações telefônicas congestionaram as linhas da emissora de rádio AM 650 WSRO, durante a entrevista feita por Ilton Lisboa ao chefe do Immigration and Customs Enforcement - ICE, Bruce M. Foucart e a relações públicas do órgão, Paula Granier. Eles responderam as diversas perguntas feitas pelos ouvintes.

Em boa parte do tempo, Foucart salientou que as operações comandadas pelo ICE são resultados de grandes investigações e, sempre, têm um objetivo bem traçado na busca dos imigrantes. A equipe do jornal Brazilian Times participou do programa e acompanhou as dúvidas dos ouvintes e brasileiros que compareceram à rádio.

 

 

INFLUÊNCIA

O imigrante legal que convive com pessoas que vivem ilegal no país poderá sofrer alguma conseqüência durante uma blitz do ICE?

"Se durante uma investigação, encontrarmos com ele (imigrante legal), iremos apurar qual é a sua relação com o lugar ou com a organização que ele pertence. Mas, se ele fosse o dono de uma empresa que estivesse admitindo trabalhadores ilegais, teria que responder pelo ato criminoso, neste caso, provavelmente já seria o era alvo da blitz", disse Foucart.

 

 

RETORNO

Depois de preso e deportado, o imigrante tem a chance de regressar aos EUA legalmente?

"Ele poderá preencher o formulário I-212 e aguardar a decisão do U.S. Citizenship and Immigration Services - USCIS", respondeu Paula.

Um indocumentado pode ser preso pelo ICE, no aeroporto, mesmo tentando voltar o seu país de origem?

"Desde que não tenha cometido nenhum crime, ele poderá voltar", Foucart.

 

 

PUNIÇÃO

O que acontece quando um ilegal é descoberto pela 2º vez?

"Se ele já foi deportado e tentar retornar aos EUA cruzando a fronteria, com certeza cometerá um crime sério que ocasionará de 10 a 20 anos de prisão. Existe um mecanismo para esses imigrantes requererem legalmente o retorno sem precisar infringir a lei", disse Paula

 

 

VIOLÊNCIA

Como o imigrante indocumentado pode defender-se de alguma violência?

"O imigrante, independente de seu status, deverá ligar imediatamente para o departamento de polícia local, a qual investigará a denúncia. Mais uma vez, destaco que, nosso objetivo é combater ações criminosas", respondeu Foucart.

 

 

FAMÍLIA

O cônjuge ilegal poderá solicitar a cidadania através de um casamento com um cidadão estadunidense?

"Sim, ele deverá solicitar o formulário I-130 para requerer a permanência", disse Paula. "Para todo pedido de legalização, a resposta dependerá de cada situação, bem como o passado de quem está referido. Dependendo do cenário, o imigrante deverá procurar um advogado ou uma organização para aconselhar-se antes", completou Foucart.

 

 

PROTEÇÃO

A cidade de Massachusetts é um santuário em que os imigrantes podem se sentir seguros?

"A lei é a mesma para o país inteiro, mas lembrem-se, o nosso foco está centrado nas atividades criminais." Aproveitando a audiência, Foucart acrescentou, "Denunciem qualquer atividade suspeita no telefone (1) (866) 3472423".

 

 

PRESOS

Como encontrar os imigrantes que foram presos?

"Todos têm direito à uma ligação para comunicar-se com o seu advogado ou algum parente. Mesmo assim, existe uma linha telefônica disponível para informar ocorrências em Massachusetts, 1(781) 359-7500", disse Paula

Existem relatos de imigrantes que passaram até seis meses encarcerados. Por que é necessário tanto tempo?

"O tempo é definido pelo juíz de imigração que analisa separadamente cada processo. O tempo varia conforme os trâmites de deportação. Quando alguém faz uma petição, o processo requer mais tempo para o seu desfecho", respondeu Foucart.

 

 

Devido ao apelo dos brasileiros, o programa de rádio excedeu o tempo no ar e passou uma hora a mais de sua programação regular. Foucart e Paula concordaram em retornar, em breve, para continuar a conversa. Antes de encerrar, indicaram os sites www.uscis.gov  e www.ice.gov

Os dois agradeceram o convite da emissora e a atenção do público, em seguida despediram-se dos ouvintes.

Fonte: (Brazilian Times)