Publicado em 15/04/2008 as 12:00am

ICE separa brasileira de seu bebê em Everett-MA

Policiais deram busca em casa de brasileiros, na cidade de Everett, prenderam a mãe e deixaram o pai cuidando de um bebe que está em fase de amamentação

 

Por Elizabeth M. Simões

 

Agentes do Immigration and Customs Enforcement -ICE, prenderam uma brasileira, natural de Goiás, a qual foi separada de sua filha de apenas sete meses de vida, ainda em fase de amamentação. Ela, cuja identidade não poderá ser revelada, foi surpreendida pelos políciais em sua residência, na cidade de Everett-Massachusetts, na manhã de terça-feira (15).

Em conversa por telefone com uma amiga da brasileira, ficou claro a ansiedade e revolta pela maneira como os agentes trataram o caso. A mãe trabalha como babá e estava cuidando de outra criança, de 2 anos de idade no momento em que a polícia chegou. Após a prisão, um dos agentes ligou para a mãe da criança que estava sendo cuidada e pediu para que fosse buscar a filha.

Ao conversar com os agentes, ela soube que a babá estava sendo detida devido já haver contra ela uma carta de deportação cuja ordem não foi acatada. Por telefone ela conta o que aconteceu. "Eu tentei argumentar com os oficiais que foram rudes e não aceitaram que eu fosse intérprete dos moradores daquela casa. Desconfio que ela tenha sido denunciada por algum polícial que mora próximo dela e sabia de seu trabalho como baby sitter", disse a amiga.

Outros três moradores receberam intimações para apresentarem-se na corte. Entre eles, o marido da babá, o qual ficou incumbido de cuidar da filha de apenas sete meses. "O bebê estava agitado e chorando, enquanto os policiais levaram-na presa. Ela recebeu um tratamento áspero. Os policiais do ICE exageraram", desabafou.

Os amigos estão se reunindo no sentindo de contratar um advogado para que agilizem a deportação da brasileira, haja vista a necessidade de estar ao lado de seu bebê.

Fonte: (Brazilian Times)