Publicado em 17/07/2008 as 12:00am

Grupo americano contra imigração ilegal fará protesto na convenção democrata

Um grupo nacional contra a imigração ilegal realizará uma "grande manifestação" no primeiro dia da convenção nacional do partido democrata.

Um grupo nacional conhecido por sua ferrenha postura contra a imigração ilegal realizará uma "grande manifestação" no primeiro dia da convenção nacional do partido democrata americano, em Denver, no final de agosto, seguida por "protestos durante toda a semana", informaram os organizadores.

Segundo Carolyn Hileman, do grupo Minutemen do Arizona, a manifestação será realizada na segunda-feira, dia 25 de agosto, em "um parque muito próximo" ao estádio Pepsi Center, que vai sediar a convenção.

A ação, convocada pelo Corpo de Defesa Civil Minuteman (MCDC, em inglês), deve atrair "milhares de pessoas de todo o país que se opõem a uma das maiores concentrações de políticos pró-anistia e pró-imigrantes ilegais em muito, muito tempo", expressou Hileman em comunicado divulgado terça-feira.

De acordo com ela, ao mesmo tempo os participantes da manifestação "impulsionarão uma agenda a favor da soberania dos Estados Unidos, a favor de fronteiras seguras e contra grupos hispânicos que favorecem a eliminação da fronteira, como o Conselho Nacional da Raça".

"Temos uma oportunidade de combater os que apóiam a imigração ilegal. Não vamos parar até que o Governo federal cumpra com seu trabalho", comentou.

Um dia depois da mobilização do MCDC, a Aliança "We Are América" ("Somos Estados Unidos") realizará uma manifestação pró-imigrante, na qual se espera a participação de pelo menos cinco mil pessoas, embora esse número possa aumentar significativamente, segundo Nita González, porta-voz da Aliança.

Segundo Gonzáles, a meta deste protesto é "recordar aos democratas que sua plataforma inclui o apoio a uma reforma imigratória completa", além de promover tarifas universitárias reduzidos para estudantes filhos de imigrantes ilegais e a cessação das batidas.  

Fonte: (Da Redação)