Publicado em 1/09/2008 as 12:00am

Dois brasileiros são presos na batida da ICE em Mississippi

Entre os imigrantes indocumentados detidos no Mississippi, dois são brasileiros. A ICE divulgou a detenção de 595 estrangeiros ilegais, no que teria sido a maior ação contra imigrantes nos EUA

A polícia de imigração anunciou na terça-feira (26) a detenção de 595 estrangeiros ilegais, no que teria sido a maior ação contra imigrantes nos EUA.

Dois presos são brasileiros, informou Barbara Gonzalez, porta-voz da Imigração. Seus nomes não serão revelados. Um juiz de imigração vai determinar se eles poderão permanecer nos EUA ou se serão deportados.

As prisões foram feitas na fábrica de transformadores Howard Industries Inc., em Laurel, no Mississippi, na segunda-feira, segundo a Imigração.

"Foi a maior ação com foco em um só lugar de trabalho que já fizemos nos EUA", disse Gonzalez.

A polícia chegou ao local depois de uma investigação sobre roubo de identidade e uso fraudulento de números do Seguro Social por imigrantes ilegais.

Entre os presos, além de brasileiros, há cidadãos de Peru, México, El Salvador, Guatemala, Panamá, Honduras e um alemão, segundo a Imigração.

Os presos foram entrevistados, fotografados e fichados e vão sofrer processos para ser deportados dos Estados Unidos.

Gonzalez disse que 475 presos foram transferidos para Jena, Louisiana, e nove menosres desacompanhados foram colocados sob custódia. Os demais 106 foram soltos.

A ação ocorrem em meio ao endurecimento do governo americano com os imigrantes ilegais. As estimativas são de que 12 milhões vivem e trabalham clandestinamente no país.

Desde 1º de outubro do ano passado, mais de 4.000 foram presos em blitze da Imigração pelo país.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)