Publicado em 9/09/2008 as 12:00am

Quatro são presos por fraude de $1 milhão contra indocumentados

Agentes federais prenderam quatro pessoas, incluindo um homem de Tamarac e uma mulher de Lake Worth, acusados de fraude totalizando mais de $1 milhão contra imigrantes indocumentados que tentavam conseguir residência legal no País

Agentes federais prenderam quatro pessoas, incluindo um homem de Tamarac e uma mulher de Lake Worth, acusados de fraude totalizando mais de $1 milhão contra imigrantes indocumentados que tentavam conseguir residência legal no País.

Audie Watson, 75 e Nancy Vertus,40, Anibal Reys e sua esposa Laura, ambos de 38 anos e moradores de Port St. Lucie, são acusados de conspiração para cometer fraude de correspondência e fraude de imigração. Laura e Reyes declararam-se inocentes, pagaram fiança de $50 mil e vão aguardar julgamento em liberdade. Os demais ainda não foram ouvidos.

Watson liderava a entidade conhecida como Universal Services Dedicated to God – USDG (Serviços Universais Dedicados a Deus), em Tamarac, que cobrava entre $1,5 mil e $2 mil para que os interessados na legalização no País se tornassem membros da tribo indígena Pembina Nation Little Shell Tribe, de acordo com registros oficiais da corte. Os imigrantes associavam-se à entidade acreditando que isso as permitiria legalizar seu status migratório no País.

Caso condenados os responsáveis pela fraude poderão pegar até cinco anos de prisão e pagar multa de até $250 mil por conspiração para cometer fraude de corres-pondência e fraude de imigração. A pena por fraude de correspondência é cumulativa, de até 20 anos de prisão, mais multa de $250 mil. A pena para falsificação de documentos de imigração é de até 10 anos de prisão, e multa de $250 mil.

De acordo com as autoridades fede-rais, documentos ilegais chegaram a ser emitidos. Tais documentos, segundo as autoridades, não têm validade. A página de internet da USDG faz referência às investigações federais, às quais qualifica como “mal entendidos”. Mais adiante, o texto assinado por “Doctor Watson” afirma que “a Little Shell está tentando obter os códigos especiais de segurança necessários para a identificação permanente, para o envio das I.D’s temporárias. As carteiras devem começar a ser emitidas em breve, portanto, tenha paciência, caso não tenha recebido a sua ainda”. Mais adiante, o texto informa: “As carteiras de motorista e os passaportes terão que esperar até que as ID’s permanen-tes seja emitidas. Portanto, não ligue a esse respeito. Quando algo novo acontecer com a Little Shell Nation, você saberá neste website”, conclui o texto.

Antecedentes

Em dezembro de 2005, Watson foi preso por agentes do Office of Agricultural Law Enforcemente (OALE), com o apoio do Broward Sheriff Office e do Sunrise Police Department sob a acusação de roubo em primeiro grau. De acordo com as investigações, ele seria responsável por um esquema de pirâmide, na qual prometia lucros aos investidores através da contribuição feita por outros investidores.

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)