Publicado em 20/11/2008 as 12:00am

10 mil imigrantes podem receber anistia

O Governo Federal dos EUA planeja legalizar imigrantes ilegais que se inscreveram para uma anistia em 1986, porém foram excluídos ou nunca receberam uma resposta aos requerimentos

Por Marcelo Zicker


O Governo Federal dos EUA planeja legalizar imigrantes ilegais que se inscreveram para uma anistia em 1986, porém foram excluídos ou nunca receberam uma resposta aos requerimentos. Os candidatos têm até um ano para fazer novo requerimento, à partir de 1º de fevereiro de 2009, disseram oficiais da CIS (Citizenship and Immigration Services).

O renascimento do Immigration Reform and Control Act de 1986, ou IRCA, como é mais conhecido, aparece depois de um acordo judicial da US District Court do Distrito Oeste de Washington, em Setembro deste ano. Foi apresentado a pedido de indivíduos que não foram considerados qualificados para a legalização pelo IRCA, por alguns erros de avaliação do governo da época. O processo não está sendo muito apreciado por grupos que se opõem a mudar o status daqueles que se encontram no país ilegalmente.

Jim Ludwick, presidente da seção McMinnville do Oregon, que se opõe à legalização, afirmou à AP: “Por que um governo federal vai reabrir um processo desse tipo 22 anos depois? Nosso programa de Social Security já está completamente esgotado. Como irão negociar com os outros 12 milhões que precisam entrar com pedidos de legalização?”             Ele disse que é uma burrice completa do governo, essa de dar coragem às pessoas para permanecerem no país, já que nem empregos existem mais.

Entretanto, Francisco Lopez, diretor da CAUSA, um grupo a favor dos imigrantes ilegais, vê o assunto com outros olhos: “Está na hora de haver uma resolução para aqueles 10 mil imigrantes que ficaram no limbo por causa da ineficiência do escritório de imigração”. “Temos esperança de que isso será um alívio para aqueles que não foram autorizados a se legalizarem em 1986, mas também para a futura legalização de milhões de pessoas que ainda não tiveram oportunidade de ajustar seus status imigratório”, disse Francisco.

Por volta de 250 mil requerimentos foram rejeitados, porque os interessados tinham deixado o país temporariamente durante a época designada e não viveram no país continuamente.

Muitos, porém, desafiaram as desqualificações e entraram com pedido de revisão.

Para receberem o visto, os requerentes precisam mostrar provas de que entraram no país legalmente, com um visto temporário, antes de 1982 e permaneceram sem o terem renovado. Além disso, precisam mostrar que não possuem nada que desabone suas condutas civis e que tenham entrado com o pedido entre 5 de Maio de 1987 e 4 de Maio de 1987.            

Os valores a serem pagos estão entre $585 e $1.130 dólares. Essas pessoas estão livres de deportação, embora a legalização não seja integralmente garantida. Então, para os brasileiros que estão nessa lista, chegou a hora!

Fonte: (ANBT - Agência de Notícias Brazilian Times)