Publicado em 3/12/2008 as 12:00am

Deportações dobraram desde 2004

As deportações passam dos 350.000 imigrantes desde setembro de 2008, comparado com os cerca de 174.000 no mesmo período em 2004

As deportações passam dos 350.000 imigrantes desde setembro de 2008, comparado com os cerca de 174.000 no mesmo período em 2004.


A tendência deverá manter-se. Mas os peritos e funcionários de imigração não estão certos se deportações - que afetam menos de 3 por cento dos estimados 12 milhões de imigrantes ilegais que vivem nos os EUA este ano - são um meio eficaz de controlar essa população.


A contagem da agência de imigração também não especifica quantas pessoas têm sido repetidamente deportados. A agência de imigração conta com um orçamento de R $ 5,58 bilhões neste ano fiscal.

 

Se o aumento da deportação é eficaz na prevenção de pessoas com tendências criminosas, funcionários de imigração dizem que a gravidade de se manter pessoas ilegais no país ainda pode ser discutida.

 

O mexicano Gerardo Lopez Arellano é um dos 51 imigrantes que estão à espera para a deportação na região centro-oeste do país. O profissional da construção civil,  foi deportado duas vezes anteriormente, mas ele não se preocupa. "Eu provavelmente vou estar de volta", disse a Associated Press


Após sua segunda deportação em outubro de 2006, ele havia tentado reconstruir a vida no México, mas empregos estavam escassos e não havia suporte familiar. Ele sabia que ia ser fácil encontrar trabalho utilizando documentos falsos nos subúrbios de Chicago.
"Eu não estava a planear vir para trás", disse ele. "Eu estava a tentar encontrar um emprego lá e viver pacificamente” tenta justificar o mexicano.

Fonte: (Boston Herald)