Publicado em 4/03/2009 as 12:00am

Imigrantes são presos por critérios raciais

A discriminação e perseguição foram denunciadas por uma ONG preocupada com o futuro da segurança dos EUA

Uma organização não governamental fez uma denúncia, semana passada, de que a polícia dos Estados Unidos, está perseguindo imigrantes motivada por critérios raciais e nem tanto pela gravidade dos crimes.

Esta denúncia foi feita através de um relatório divulgado na quinta-feira (26 de fevereiro), elaborado pela Justice Strategies, que tem sede em New York. No documento, a ONG assegura que 70 mil imigrantes detidos desde o ano de 2003 até agosto de 2008, foram autuados por pequenas infrações.

O programa 287 (g) da Lei de Imigração e Nacionalidade, que ampliou o poder dos policiais dando-lhes direito de deter e encarecarm imigrantes, pelo seu status migratório, e isso era função da polícia de Imigração.

No relatório, a ONG mostra que 95% das detenções que aconteceram em Gaston, Carolina do Norte, após a aplicação da lei citada acima, foram por crimes menores. Neste total, 60% se deram apenas por infrações de trânsito. Em um dos ítens do documento, afirma-se que “os imigrantes são alvos errados de campanhas na luta contra a criminalidade”.

Fonte: (Da redação)