Publicado em 11/03/2009 as 12:00am

Imigrantes podem se beneficiar de estímulo econômico

Pesquisas afirmam que políticas de contenção da crise econômica podem gerar milhares de postos de trabalho preenchidos por indocumentados

 

As políticas de reestruturação da economia, podem gerar  empregos para milhares de imigrantes ilegais situados no país, é o que afirma estudos recentes de especialistas. O fenômeno pode ser mais forte em estados como a Califórnia, onde há maior concentração de imigrantes trabalhando na construção civil, setor que terá grande demanda de mão-de-obra.

Segundo a pesquisa, indocumentados podem tomar 300.000 postos de trabalho na construção civil, ou 15% dos 2 milhões de empregos previstos para ocorrer com as diversas ações de estímulo econômico. O estudo diz que fenômeno ocorrerá por causa da ausência de políticas mais rígidas com relação ao controle de status migratório na contratação de empregados, principalmente utilizando o programa E-Verify. O programa permite aos empregadores verificar a credibilidade do Social Security Number para novas contratações, atrelada à condição imigratória.  O diretor de pesquisas do Center for Immigration Studies, Steven Camarota,  diz que ‘a utilização do programa pode um dia reduzir e até mesmo eliminar a contratação de empregados em situação irregular no país’.

Apenas na construção civil, 300 mil empregos devem ser ocupados por imigrantes

Grupos de defesas dos imigrantes, afirmam acreditar nas estimativas.  Uma pesquisa realizada pelo U.S. Census Bureau's Current Population, que o setor de construção civil já conta com 15% de empregados sem status legal no país.

Já Jorge Mário Cabrera, diretor do  Education For The Coalition For
Human Immigrant Rights of Los Angeles, afirma que é impossível prever alguma estatística, pois ainda é desconhecido o número de imigrantes que trabalhavam com construção civil e que deixaram o país frustados com o andamento da economia.  Ainda segundo ele, as pesquisas do Center for Immigration Studies, tem o objetivo de criar medo e preocupação. “ São táticas para gerar o medo... ‘Os imigrantes estão aqui para tomar o seu emprego!’ é a mensagem que eles querem passar” opina Cabrera. "Acho que realmente deve-se centrar na coesão económica , que vai criar progresso para todos. Isso é o mais importante" desabafa.

Fonte: (USA Today)