Publicado em 13/04/2009 as 12:00am

Grupo Mulher está esperançoso com compromisso de Obama com imigração

O Grupo Mulher Brasileira recebe com satisfação o anúncio da Casa Branca de que Presidente Barack Obama vai anunciar em maio seu plano para uma reforma da lei de imigração. "Não esperávamos nada diferente dele"

 

O Grupo Mulher Brasileira recebe com satisfação o anúncio da Casa Branca de que Presidente Barack Obama vai anunciar em maio seu plano para uma reforma da lei de imigração. “Não esperávamos nada diferente dele”, disse Heloisa Maria Galvão, diretora-executiva do GMB. “Sabemos que a prioridade agora é estabilizar a economia, recuperar empregos e a confiança do consumidor mas entendemos que uma lei justa de imigração é parte integrante do saneamento econômico”.

“Estou cheia de esperança. Espero que levem mesmo isto (a discussão sobre a reforma da lei) para frente porque nós precisamos”, disse outro membro do Grupo, Adriana Lafaille. “Mesmo com a economia ruim, não podemos prosseguir sem uma lei que reformule a atual”.

A diretora do Grupo acredita que o fato de haver, hoje, na Casa Branca militantes do movimento imigrante “amplia os horizontes da nossa luta e, certamente, facilita nosso diálogo”. Uma dessas pessoas é exatamente quem fêz o anúncio sobre as intenções de Obama: Cecilia Muñoz, ex-dreitora do La Raza e hoje assistente direta do presidente e diretora de assuntos intergovernamentais da Casa Branca.

Não há época melhor para anunciar uma reforma da lei de imigração do que a primavera, quando as pessoas vêem renascer suas esperanças”, disse Heloisa. “Nós esperamos há muito tempo por esta reforma e estamos prontos para apoiar o Presidente e os políticos no Congresso. Ao reconhecer que imigração é um assunto altamente controvertido e polarizador e que a situação dos indocumentados precisa ser resolvida, Obama demonstra coragem e maturidade política. Nós estamos prontas a apoiar o Presidente”.

Danielle Bendjy, estudante de português em Harvard e uma voluntária do Grupo Mulher Brasileira, disse considerar maravilhoso o que o Presidente Obama está fazendo. “Já não era sem tempo. Além disso, a legalização de imigrantes ilegais não vai prejudicar a economia ou tirar emprego de quem já é cidadão. Imigrantes indocumentados já têm emprego, a legalização não vai mudar nada neste sentido. O que vai mudar é que haverá menos exploração e menos separações em sentido de famílias”.

Fonte: (Grupo Mulher Brasileira)