Publicado em 1/06/2009 as 12:00am

Fábrica de couro que empregava indocumentados é fechada em MA

Aproximadamente 350 imigrantes perderam seus empregos. Deputado americano chamou o episódio de 'irresponsável e de uma imensa selvageria'

 

Uma fábrica de couro em New Bedford – MA, que sofreu uma batida da polícia de imigração em 2007, irá fechar as portas até 31 de julho, conforme anunciado na última sexta – feira, dia 29.

A Alliant Techsystems, estava funcionando bem abaixo da sua capacidade e seu fechamento seria parte de um plano estratégico para consolidação da sua subsidiária, a Eagle Industries Inc. A porta-voz da empresa, Amanda Covington, disse que 350 empregados já foram notificados do fechamento.

 

Batida do ICE  em 2007

Em 2007, a polícia de imigração invadiu a fábrica e prendeu mais de 361 indocumentados que trabalhavam no local.

Ativistas comunitários criticaram a batida por ter causado a desestruturação de várias famílias, uma vez que muitas crianças tiveram os pais presos e deportados. A U.S. Immigration and Customs Enforcement, por sua vez, disse que o episódio foi apropriado e legítimo.

O proprietário da fábrica na época,  Francesco Insolia, foi sentenciado a 12 meses de prisão e teve uma multa fixada em um milhão de dólares após admitir a culpa, e afirmar que sabia que estava empregando imigrantes indocumentados. Após o fato, Insolia vendeu o negócio para a Eagle Industries.

O deputado democrata por Massachusetts, Barney Frank, chamou o fechamento de ‘ absoluta selvageria corporativa’, e disse que ‘comprar uma empresa só para fechar um concorrente, é de uma irresponsabilidade da pior espécie’.

 


Fonte: (Boston Globe)