Publicado em 1/06/2009 as 12:00am

Radialista que insultou imigrantes volta ao ar

O radialista Jay Severin, o controvertido apresentador de um talk show na rádio WTKK-FM, que tinha sido suspenso por ter feito comentários insultuosos contra mexicanos, volta ao ar na próxima terça-feira

 

O radialista Jay Severin, o controvertido apresentador de um talk show na rádio WTKK-FM, que tinha sido suspenso por ter feito comentários insultuosos contra mexicanos, volta às ondas da FM nesta próxima terça-feira.

            Segundo um informe recebido da estação, ele se diz arrependido com seus comentários e compreendeu que alguns tenham sido bem hostis. Porém, a nota da emissora é clara: "Ele entende que nós não aceitaremos este tipo de comentário em nossas ondas de rádio. Fizemos um acordo e ele voltará logo".

            Jay Severin foi suspenso em abril depois de ter chamado os mexicanos de "criminosos", "primitivos", "sanguessugas" e de ter afirmado no ar que as mulheres mexicanas são bigodudas e portadoras de doenças venéreas. Ele também disse que os Estados Unidos são o "magneto para pessoas primitivas do mundo inteiro", completando que os quartos de emergência de hospitais americanos têm sido usados como hotéis de luxo e condomínios por mexicanos.

            Seus comentários deram ignição a uma onda de protestos, liderada por organizações diversas, incluindo a Coalizão para a Causa dos Imigrantes e dos Refugiados de Massachusetts. Alguns patrocinadores do programa retiraram seus anúncios do ar e não querem ver seus nomes associados ao de Jay.

            Observadores da mídia concluiram, em alguns artigos de peso, que Jay Severin, que já tinha tido problemas dessa natureza há um tempo atrás, está por um triz de ser banido das ondas sonoras como "speaker".

            O memorando recebido da administração da rádio WTKK-FM enfatiza que a emissora aceitará um debate amplo e organizado sobre os assuntos que preocupam a comunidade e a nação nesse momento. Porém, afirma que seu objetivo é manter um nível de discurso que seja dentro dos padrões e que não incitem provocações, acrescentando que "vamos nos pautar pela postura civil e respeitosa".

            E finalizando o memo, a direção pede ao público que sintonize a emissora no programa do Jay Severin, nesta terça e todos os dias da semana, das 3 a 7 p.m. A FM é de propriedade da Greater Boston Radio Inc., uma subsidiária da Greater Media, dona de 23 rádios AM e FM em Boston, Charlotte, Detroit, New Jersey e Philadelphia.

Fonte: (Da redação)