Publicado em 10/06/2009 as 12:00am

Oito imigrantes indocumentados morrem em acidente

Os oito imigrantes iindocumentados viajavam imprensados como "sardinha enlatada" na parte de trás de uma camionete

 

Os oito imigrantes ilegais viajavam imprensados como “sardinha enlatada” na parte de trás de uma camionete. Eles morreram depois que o motorista perdeu o controle do veículo numa estrada remota no sudeste do Arizona.

Havia 27 pessoas no veículo, que transportava homens e mulheres por volta da meia noite do sábado (06), a mais ou menos 4 milhas de distância da cidade de Sonoita. O veículo capotou, talvez por ter um dos pneus estourado, mas “as autoridades ainda não sabem a causa real do acidente”, afirmou Joy Craig, do Departamento de Segurança Pública do Arizona. A maioria dos passageiros foi jogada para fora do carro.

Ainda não se tem notícia se há brasileiros envolvidos no acidente, pois a polícia está mantendo as identidades em segredo, mas acredita-se que todos eram ilegais em busca de uma vida melhor na América. Muitas vítimas não carregavam identificação. As nacionalidades, por enquanto, podem ser de El Salvador, Guatemala, Honduras, Equador e talvez do México.

O impressionante é que não havia bancos traseiros no Ford Excursion que transportava esses passageiros. Eles viajavam no maior aperto, pois o objetivo dos coyotes é sempre atravessarem com a maior quantidade de pessoas, para fazerem mais dinheiro.

Cinco sobreviventes foram levados de helicóptero para o hospital de Tucson e outros quatorze foram transportados para Tucson e Sierra Vista. Oito homens foram tratados de suas feridas e receberam alta, mas estão sob custódia da Patrulha da Fronteira, comentou o agente do ICE, Omar Candelaria.

A causa do acidente ainda está sob investigação e o motorista, até o fechamento dessa edição, ainda não tinha sido identificado. A rota na qual viajava o SUV é bastante usada para o contrabando humano para os Estados Unidos.

Frequentemente sabemos de imigrantes que viajam imprensados como sardinha em lata em veículos que transportam ilegais. Se houvesse o número correto de pessoas no carro e se todos estivessem sentados e usando o cinto de segurança, a chance de sobreviverem teria sido grande. A cidade de Sonoita fica a 40 milhas de Tucson.

 

Fonte: (Da redação)