Publicado em 28/08/2009 as 12:00am

Imigrantes sofrem retaliação da polícia em Newark

Dezenas de imigrantes brasileiros e latinos que utilizam o estacionamento do restaurante Tio Pepe, localizado em Newark como ponto que buscam trabalho, estão sendo expulsos pela polícia

 

Por Vanusa Rocha

 

Dezenas de imigrantes brasileiros e latinos que utilizam o estacionamento do restaurante Tio Pepe, localizado em Newark como ponto que buscam trabalho, estão sendo expulsos pela polícia.

A crise atual da economia Americana fez com que o nível de desemprego no país chegasse a níveis altíssimos, como nunca vistos antes. A taxa de desemprego nos Estados Unidos registrou em julho o primeiro recuo desde que estourou a crise econômica global, em setembro do ano passado. Mas queda é muito insignificante e os imigrantes estão sentindo na pele os efeitos da falta de trabalho.

A cerca de 7 anos o estacionamento do restaurante Tio Pepé, localizado na 120 Stockton Street, em Newark, New Jersey vem sendo utilizado por imigrantes brasileiros e latinos como um ponto para busca de trabalho. Grande parte dos empresários da construção civil tem conhecimento desse local, onde podem encontrar trabalhadores disponíveis para todas as áreas da construção como: pintores, marceneiros, carpinteiros, etc.

Os trabalhadores começam a chegar por volta das 5:30 da manhã e por volta das 9 o grupo atinge uma média de 70 pessoas. Imigrantes do Brasil, Guatemala, México, Peru e de toda parte da américa latina aguardam ansiosos pela chegada dos donos de companhias de construção que buscam trabalhadores.

Os empresários geralmente são brasileiros e portugueses. Eles param o carro em segundos os trabalhadores cercam o veículo. Imediatamente o contratante descreve o que necessita, quem se enquadra permanece ao redor do carro e o empresario aponta o escolhido rapidamente.

Para muitos imigrantes que estão sobrevivendo com trabalhos temporários este local significa "ter o pao de cada dia" relatou Mário, que esta nos Estados Unidos a 7 anos e a cerca de 3 anos faz parte do grupo que busca trabalho na 120 Stockton Street.

Os trabalhadores agora estão enfrentando um grande problema. Eles reclamam que diariamente a polícia vai ao local e os expulsa. " A policia chega, diz que não é para agente ficar aqui e nos da ticket e as vezes leva até preso" disse Malvim, imigrante de Honduras que frequenta o local a mais de um ano. " Muitas vezes quando agem até com violência" completou ele.

Segundo os trabalhadores que frequentam o local, antes a policia não ia ao local com tanta frequência como agora. Os policiais estão indo ao local diariamente a dando tickets aos trabalhadores que variam entre $50.00 e 120.00. Os que insistem em ficar em muitos casos são algemados e presos.

Os imigrantes reclamam ainda que não existe nenhuma instituição que possa lutar e protege-los contra abusos. "Poderia ter um sindicato para nos proteger. Somente viemos aqui porque necessitamos de trabalho e gostaria que a polícia nos deixasse trabalhar, só isso" disse o imigrante Marcio.

Os imigrantes temem que a polícia proíba a presença deles no local e que não tenham mas onde procurar trabalho, e fazem um apelo: "Precisamos de compreensão das autoridades para que nossas famílias tenham o que comer" disse o Brasileiro Márcio em nome de todo o grupo.

 

Fonte: (ABTN - Agência Brazilian Times de Notícias)