Publicado em 18/11/2009 as 12:00am

Relatório pode liberar driver's para indocumentados em MA

Encomendado pelo governador de Massachusetts, Deval Patrick, relatório sugere várias medidas que beneficiam os imigrantes indocumentados. Entre elas está a liberação da Driver's License

 

O governador de Massachusetts, Deval Patrick, divulgou nessa terça-feira(17), uma pesquisa encomendada pelo estado que concluiu a grande necessidade de propiciar igualdade de direitos estudantis nas universidades, driver’s license e programas de aulas de inglês para os imigrantes indocumentados.

A pesquisa de 56 páginas, intitulada “Massachusetts New Americans Agenda” contém 131 recomendações visando integrar melhor imigrantes legais, ilegais e refugiados no Bay State.

Os resultados serão discutidos e divulgados no almoço de Ação de Graças da State House, e que é patrocinado pela The Massachusetts Immigration and Refugee Advocacy Coalition.

A pesquisa, encomendada por Patrick, revela que existem mais de 912.310 vivendo na região de Bay State, aproximadamente 14% da população do estado. Sendo que pouco menos da metade desses imigrantes são cidadãos naturalizados.

Também são destacados pontos importantes com relação à educação, pagamento de impostos e renda média dos imigrantes de Massachusetts. Entre as recomendações sugeridas pelo relatório, estão as seguintes :

- Aumentar os fundos estatais para fornecer classes de inglês e educação básica para imigrantes adultos.

-  Fornecer ‘in-state college tuition’ para indocumentados que tem vivido na região da Bay Area por pelo menos 3 anos e que tenham um diploma ou GED de High School por uma escola de Massachusetts

- Permitir que imigrantes indocumentados tenham acesso a financiamento estudantil pelo estado, viabilizando a entrada na universidade

- Liberar a Driver’s License para indocumentados

- Publicar manual de ética que proíbe empregadores de fornecer informações migratórias de funcionários para oficiais de imigração, além de advogar contra o programa de verificação de status, E-Verify.

- Requerer que agências estaduais forneçam informações sobre serviços básicos em várias línguas.

- Expandir o fundo estatal para ajudar imigrantes a se tornarem cidadãos

- Sugerir ao Department of Revenue que estude a viabilidade de criar um crédito para despesas no processo de naturalização

- Dar suporte à serviços básicos de saúde dental, que seriam cobertas pelo MassHealth

-  Propiciar crédito financeiro para imigrantes administrarem novos negócios

 

O relatório também concluiu que quase 28% de todo a população que reside em Boston é imigrante e ainda que a cidade que mais concentra imigrantes no estado é Chelsea. Outras cidades com grande população imigrante são Malden, Lawrence, Everett, Lynn e Cambridge.

Alguns fatos surpreendentes também foram divulgados. 50%  da população que possui Doutorado é imigrante assim como 24% da população que possui Mestrado. Outro fato, menos satisfatório, é de que mais de 14.5% dos imigrantes vivem abaixo da linha de pobreza.

Fonte: (Da redação)