Publicado em 21/04/2010 as 12:00am

Mãe deportada ganha chance de retornar aos EUA

Uma imigrante indocumentada que viveu no estado de Washington por 17 anos foi deportada para o México há três anos e, agora, poderá protagonizar uma história única e inédita. Ana Reyes, 43 anos

 

Uma imigrante indocumentada que viveu no estado de Washington por 17 anos foi deportada para o México há três anos e, agora, poderá protagonizar uma história única e inédita. Ana Reyes, 43 anos, recebeu a oportunidade de retornar a uma audiência de Imigração e tentar voltar a viver neste país.

Isso só foi possível depois que um conselho de recursos, citando assessores jurídicos ineficazes ordenou que o caso fosse reaberto. Alguns advogados afirmaram que esta atitude pode abrir a porta para uma enxurrada de processos de deportação que foram arquivados.

Ana Reyes é mãe de quatro crianças e após a deportação, o jornal Seattle Times retratou a vida difícil que teve que enfrentar nos bairros pobres da cidade do México.

Normalmente a deportação encerra um processo e não dá vaga para nenhum recurso, mas a Câmara de Apelação de Imigração (BIA – sigla em inglês) decidiu que ela deveria ter o direito a pelo menos um tipo de visto destinado   a vítimas de crimes e que cooperam com investigações criminais.

Este visto destina-se a ajudar as vítimas do tráfico de imigrantes indocumentados e amenizar o medo destas pessoas entrarem em contato com a polícia para denunciar algum crime. No caso de Reyes, ela foi vítima durante anos de violência doméstica e todas as agressões sofridas por ela foram relatadas em boletins policiais. Ela era agredida pelo seu marido – hoje ex.

O caso foi reaberto e o advogado da mexicana irá exigir a presença dela no país.

Fonte: (Da redação)