Publicado em 21/05/2010 as 12:00am

Sociólogo afirma que imigrantes ajudam a diminuir criminalidade

O sociólogo norte-americano e professor da Universidade do Colorado, Tim Wadsworth, contestou a tese de que a violência em algumas cidades está associada à presença de imigrantes.

 

O sociólogo norte-americano e professor da Universidade do Colorado, Tim Wadsworth, contestou a tese de que a violência em algumas cidades está associada à presença de imigrantes. Ele garantiu que a presença de estrangeiros nos Estados Unidos, aliado aos seus valores culturais e religiosos, reduz a criminalidade.

Ele apontou um estudo, o qual afirma que a chegada em massa de imigrantes, nas duas últimas décadas, seria a responsável pela redução nos índices de crimes violentos nas áreas urbanas. “Por um longo tempo eu investiguei e estudei sobre o assunto para fazer esta afirmação. Minha conclusão é que as cidades com maior número de imigrantes entre 1990 e 2000 protagonizaram maior redução nas estatísticas de homicídio e roubo”, salientou.

Durante o anúncio deste estudo, Wadsworth explicou que começou a pensar no tema há quatro anos, depois de ler algo semelhante em um artigo postado no jornal New York Times, escrito pelo também sociólogo Robert Sampson, da Harvard. “O texto tinha um sugestivo título de – As portas abertas não convidam criminosos”, fala.

Para concluir o seu estudo, Wadsworth recorreu ao FBI, em busca dos registros criminais de 459 cidades com população superior a 50 mil habitantes. O resultando, segundo o sociólogo, “mostrou que o aumento da comunidade imigrante no período da pesquisa, não correspondeu ao aumento da criminalidade”.

O estudo mostrou que a chegada de novos imigrantes a partir de 1990 mostrou uma redução no registro de crimes violentos – em alguns casos chegaram até 9,3% nos homicídios e mais de 22% nas ocorrências de roubo.

Com a divulgação deste estudo, o sociólogo derruba a tese de grupos anti-imigrantes de que o crescimento criminal nos Estados Unidos se deve à presença de estrangeiros. A pesquisa de Wadsworth tem a mesma conclusão que uma outra realizada pela Universidade de Nebraska, a qual analisou a história em um período de 15 anos (1990 – 2005). “Não há mais razão para os anti-imigrantes usarem a tese de que imigrante traz criminalidade, pois todos os estudos mostram o contrários”, finaliza.

 

Fonte: (Da redação)