Publicado em 26/07/2010 as 12:00am

Economia tem prejuízos em estados 'anti-imigrante'

Alguns estados onde se aplicam leis anti-imigrantes começaram a sentir, na economia, a ausência de trabalhadores indocumentados. Entre eles, o Arizona é o que pode passar pela pior crise de sua história

 

Alguns estados onde se aplicam leis anti-imigrantes começaram a sentir, na economia, a ausência de trabalhadores indocumentados. Entre eles, o Arizona é o que pode passar pela pior crise de sua história. Em reportagem publicada em um jornal norte-americano, mostrou que o centro comercial de Phoenix (capital do estado) já atravessa um período crítico.

Segundo a reportagem, algumas lojas já fecharam suas portas e outras planejam mudar-se para outro estado, temendo a crise que pode assolar a região. Além dos estabelecimentos comerciais, o ramo imobiliário também sofre com a perseguição aos imigrantes. Alguns imóveis estão vazios e seus proprietários não conseguem mais inquilinos.

Segundo um dos diretores das Lojas Katchi, ninguém sabe o que acontecerá depois do dia 29 de julho, caso a lei SB 1070, assinada pela governadora do estado, seja aprovada. “Nos últimos 10 anos, o Arizona foi o estado que mais cresceu e esta lei pode colocar tudo isso abaixo”, acrescenta.

A reportagem relata que basta circular pelo centro da cidade para perceber que o movimento comercial caiu bastante. Dezenas de empresários que antes acreditavam na lei, agora mudaram de idéia. Isso porque especialistas veem um futuro desastroso caso a lei entre realmente em vigor.

Um grupo de empresários divulgou na mídia que ninguém viu os efeitos negativos da lei SB 1070 no comércio local. “Eles apenas salientaram a proteção na fronteira, mas pouco se falou dos prejuízos que ela geraria para a economia”, explicou um dos empresários.

Apesar de não haver dados concretos sobre os números que os imigrantes indocumentados geram de positivo para o país, estima-se que está em bilhões de dólares anuais. Alguns estudiosos vão mais além e afirmam que se todos os trabalhadores que estão em situação ilegal deixarem os Estados Unidos, demorará décadas para que o país se recomponha em todos os setores.

Fonte: (Da redação)