Publicado em 13/08/2010 as 12:00am

Ação do ICE termina com prisão de 4 brasileiros em MA

Na noite de quarta ? feira(11), uma operação do US Immigration and Customs Enforcement (ICE), terminou na autuação de 10 brasileiros na cidade de Kingston, em Massachusetts, próximo ao limite com Plymouth ? MA



Por Marcelo Zicker


Na noite de quarta – feira(11), uma operação do US Immigration and Customs Enforcement (ICE), terminou na autuação de 10 brasileiros na cidade de Kingston, em Massachusetts, próximo ao limite com Plymouth – MA. 4 brasileiros foram presos e os demais deverão comparecer à Côrte de Imigração nas próximas semanas.

 Os oficiais invadiram um prédio situado na Main Street da cidade, onde residem o casal Alessandra e Agenor Martins. Eles estavam realizando uma celebração de aniversário para os dois filhos quando os policiais bateram à porta. “ Atendi a porta para um policial fardado e mais 4 à paisana, com bermudas e bonés. Eles nos mostraram a foto de uma pessoa e perguntaram se a gente sabia do seu paradeiro” afirma Alessandra. Com a negativa, o policial perguntou quem seria o responsável pelo aluguel do apartamento, revelando que se tratava de agentes do ICE.“ Eles conferiram as digitais das pessoas e levaram todo mundo para a frente do prédio, onde definiram quem seria preso e quem aguardaria em liberdade uma audiência na Côrte. Meu marido ‘devia Côrte’ e foi uma das pessoas detidas” revela Alessandra, que apesar de ter que comparecer a uma audiência ,  foi liberada pelos oficiais para cuidar das crianças até que seja julgada. “ Eles falaram, ‘você tem duas crianças pequenas, vamos te deixar aqui, mas você vai ganhar a mesma carta que os demais’. Eu ainda pedi para eles nos deixarem cantar o parabéns para as crianças e despedir das pessoas mas eles falaram que não iam deixar” confidencia a brasileira, que cuidava do lar enquanto o marido trabalhava num restaurante próximo à cidade.

Entre as pessoas presas pelo ICE,estariam um primo e um casal de vizinhos de Agenor e Alessandra. As pessoas com um mandado de busca foram identificadas pelas digitais no momento da abordagem. “ Foi tudo muito rápido e tranqüilo.Os policiais nos trataram super bem e foram super calmos em explicar o que estava acontecendo. Foi realmente uma surpresa receber aquela visita, não sabemos como eles foram parar no nosso apartamento ainda” afirma a dona de casa, que alega que a operação durou apenas alguns minutos.

 

Com o passaporte retido pelos oficiais e o medo de não saber o futuro que aguarda a sua família, Alessandra, espera que pelo menos tudo seja rápido. “Felizmente já estávamos planejando voltar para o Brasil no fim desse ano, a nossa trajetória nesse país já está chegando ao fim, só espero que meu marido saia logo da prisão e a gente volte a ser uma família feliz novamente” revela Alessandra, que agora planeja esperar que o marido seja solto para que possam retornar para o Brasil, após 5 anos e meio nos EUA. Alguns brasileiros residentes da área, afirma que nessa quinta – feira, já era visível o medo espalhado pelos acontecimento, que sabendo da notícia, se mantiveram em casa, com muitos já planejando a mudança  de cidade e até mesmo o retorno para o Brasil. “ Não quero ficar preso meses esperando ser deportado e arriscar perder tudo que eu lutei pra conseguir durante todos esses anos. Se for pra correr o risco, prefiro ir embora” revela um brasileiro, que preferiu não revelar o nome, e que reside em Plymouth – MA.

Fonte: (Da redação)