Publicado em 22/09/2010 as 12:00am

Colin Powell defende Reforma Imigratória

O ex-secretário de Estado possui grande influência no cenário político e pode ser um importante apoio para que o projeto de reforma imigratória ganhe força no Congresso

 

Esta semana é decisiva para vários pontos referentes à imigração ilegal nos Estados Unidos e o ex-secretário de defesa, Colin Powell resolveu participar da disputa e dar seu voto de apoio aos imigrantes que vivem em seu país. Em uma entrevista na rede de televisão NBC, domingo (19), ele ele manifestou apoio ao Dream Act e fez duros ataques aos políticos conservadores, incluindo membros do seu próprio partido Republicano. “esta hostilidade em relação aos imigrantes não deveria existir”, citou.

As palavras de Colin ecoaram por todo o país, pois ele ainda possui grande influência no Governo Federal e é respeitado no cenário político norte-americano.

Segundo o ex-secretário, o Dream Act abrirá caminho para a legalização de estudantes imigrantes que vieram para o país antes dos 16 anos de idade. “Acredito que estes jovens não devem pagar pelos erros dos pais”, comenta.

O Dream Act foi incorporado em um projeto que será votado hoje, o qual se for aprovado permitirá que imigrantes tenham o direito de servir o exército dos Estados Unidos, tenham o direito de solicitar cidadania. “Existem milhares de alistados que não são cidadãos norte-americanos”, ressaltou Powell.

Ele salientou que já passou da hora de abrir um caminho para oferecer “status legal” a imigrantes que servem as forças armadas do país. “Não apenas por causa do papel que podem desempenhar no serviço militar, mas porque eles estão fazendo coisas que precisamos fazer neste país”.

Durante a entrevista, ele comentou que imigrantes já trabalharam em sua casa. “Vários reparos e serviços feitos em minha residência foram realizados por trabalhadores indocumentados. Temos que encontrar uma maneira de tirar estas pessoas das sombras e dar-lhes uma melhor oportunidade de vida através da legalização”, falou.

A influência de Colin Powell pode influenciar bastante no bom andamento da reforma imigratória. Ele atuou como Secretário de Estado no governo de George W. Bush e tinha seu nome cotado para disputar às eleições presidenciais, mas ficou cora da corrida e apoio Barack Obama.

Em várias partes da entrevista, Colin lamentou a postura do Partido Republicano, não apenas em relação ao Dream Act, mas contra a lei de imigração proposta pela administração de Obama, que abriria caminho para os milhões de trabalhadores estão em situação irregular no país.

Fonte: (Da redação)