Publicado em 18/10/2010 as 12:00am

Memorando do ICE afirma usar redes sociais para investigar casamentos fraudulentos

O ICE afirma que faz pesquisas em redes sociais como Facebook e Orkut para desmascarar casamentos fraudulentos

 

A Internet tornou um meio  cada vez mais fácil para as pessoas se conectarem umas  com as outras , estando longe da família e dos amigos no Brasil.  Mas também pode ser um perigoso meio para complicar a sua estadia no EUA.  O U.S. Department of Homeland Security soltou um memorando nessa semana, afimando que utiliza pesquisas em sites de relacionamentos como  MySpace, Facebook, Classmates, Hi-5, Orkut e outros, para balizar a sua decisão em considerar um casamento verdadeiro  ou afirmar que ele é fraudulento.

 

Projetado para permitir que as pessoas compartilhem a sua criatividade, imagens e informações com outras pessoas, esses sites também são locais comuns para os usuários iniciarem um romance, ou somente para encontrar amigos com os mesmos interesses e se manter em contato com a família. As tendências narcisistas é muitas vezes o combustível, para que essas pessoas criem a necessidade de ter um grande grupo de "amigos". Isso proporciona um excelente ponto de observação para que oficiais de imigração observem o cotidiano dos beneficiários e dos peticionários, que são suspeitos de
atividades fraudulentas.

 

Geralmente, as pessoas nestes locais falar honestamente em sua rede, pois todos os de seus amigos e familiares estão interagindo com eles via mensagens de celular,  Blogs e messengers. Esta rede social dá uma oportunidade ao ICE de revelar a fraude pelo navegador. Uma vez que um usuário posta online, eles criam um registro público e cronograman de suas atividades.

 

O assunto tem gerado polêmica e já preocupa diversos brasileiros, que se regularizaram a partir de um casamento, seja ele verdadeiro ou não.

Fonte: (Da redação)