Publicado em 16/03/2011 as 12:00am

MA lança programa contra discriminação com imigrantes

O projeto Fair and Impartial Policing (FAIP) foi lançado na terça ?feira(15), na Universidade de Massachusetts

Com o objetivo de promover uma comunicação mais próxima e uma melhor compreensão em relação à aplicação da lei e as comunidades imigrantes,  o Massachusetts Executive Office of Public Safety and Security desenvolveu um site na internet para conscientizar imigrantes e autoridades policiais dos problemas relacionados à discriminação racial. O projeto Fair and Impartial Policing (FAIP) foi lançado na terça –feira(15), na Universidade de Massachusetts.

Para um dos diretores do programa, Gregory Massing , o programa ‘vai gerar a conscientização necessária para um boa relação entre os policiais e as comunidades imigrantes’. O evento da terça-feira recebeu um público majoritariamente formado por autoridades policiais e membros da comunidade, que discutiram a importância de se implementar a medida. Entre os palestrantes, estavam a secretária de Segurança Pública, Mary Elizabeth Hefferman, o conselheiro geral do programa, Greg Massing, e especialistas em casos de discriminação racial, como o professor John Lamberth,  sheriff Jerry Clayton, de Washtenan County, em Michigan, e o brasileiro e diretor da Massachusetts Immigrant and Refugee Advocacy Coalition – MIRA, Marcony Almeida.

Segundo Hefferman, o programa visa causar informações úteis no cuidado da abordagem policial. “ O material que o programa oferece é valiosa para educar as autoridades policiais e membros da nossa comunidade acerca das perspectivas de cada um em relação ao problema e das ferramentas que temos para realizar interações mais positivas. Estamos antecipando que essas interações positivas vão promover uma melhor confiança entre ambas as partes e causar mais eficiência na atuação policial” disse a Secretária de Segurança, em comunicado.

O treinamento do programa estará acessível em módulos e não terá custos, podendo ser acessado através do www.mass.gov/EOPSS. Tópicos que cobrem módulos relacionados às influências culturais, preconceitos muitas vezes inconscientes, e fatores biológicos, que podem contribuir para desvendar como indivíduos reagem durante a abordagem da polícia com o imigrante. Em cada módulo, especialistas sobre a perspectiva de ambos, estarão discutindo e analisando os mais comuns cenários de conflito, encorajando aqueles que utilizam o site, a aprender sobre essa relação

Fonte: (da redação)